Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Lisboa considerada a cidade com mais trânsito da Península Ibérica

Lisboa considerada a cidade com mais trânsito da Península Ibérica

O Índice de Tráfego Global Anual 2017 analisou o congestionamento em 390 cidades de 48 países, incluindo Lisboa, Porto, Braga, Coimbra e Funchal.

Pinterest Google+

A TomTom divulgou ontem os resultados do Índice de Tráfego Global Anual 2017, o relatório anual que detalha as cidades do mundo com maiores congestionamentos de trânsito. Segundo os resultados do estudo internacional, Lisboa é, pelo segundo ano consecutivo, a cidade mais congestionada da Península Ibérica, ultrapassando os níveis de trânsito das cidades espanholas.

 

De acordo com o estudo, que se baseia no histórico de dados da TomTom ao longo do ano 2016, os condutores na capital portuguesa podem esperar passar uma média de 36% de tempo extra presos no trânsito, número que representa um aumento de 5% face ao ano anterior. Esta percentagem significa que os lisboetas perdem, em média, 40 minutos por dia no trânsito, o que anualmente representa 154 horas de tempo gasto pelos condutores em deslocações (*), revela o comunicado divulgado.

 

Veja também: Estudo identifica o carro mais sexy para as mulheres

 

Comparando com as principais cidades do país vizinho, Lisboa apresenta o maior nível de congestionamento da Península Ibérica, ultrapassando Madrid (25%), Barcelona (31%), Palma de Maiorca (29%) ou Granada (26%). O Porto apresenta também um nível de congestionamento abaixo de Lisboa (27%), embora tenha sofrido um aumento de 4% face ao ano anterior. Na cidade invicta, os condutores passam, em média, 31 minutos por dia no trânsito, o que representa 118 horas de tempo gasto em deslocações anualmente.

 

O final do dia (entre as 18h00 e as 19h00) é o período de maior congestionamento, tanto para os lisboetas, como para os portuenses, sobretudo às sextas-feiras. Se olharmos para os níveis de congestionamento nas autoestradas, estes situam-se nos 18% em Lisboa e nos 19% no Porto. Já nos restantes itinerários, os valores são superiores: 37% em Lisboa e 31% no Porto.
Este ano, pela primeira vez, o Índice de Tráfego Global Anual abrangeu três novas cidades portuguesas, todas com níveis de congestionamento bastante inferiores aos da capital e da invicta: Braga (17%), Coimbra (17%) e Funchal (19%). Segundo o estudo, em Braga, os condutores podem esperar passar em média 17 minutos por dia no trânsito (57 horas por ano), em Coimbra 15 minutos por dia (57 horas anuais) e no Funchal, uma média de 20 minutos por dia (76 horas por ano). À semelhança de Lisboa e do Porto, nestas três cidades o período de maior congestionamento é o final do dia, sendo a terça e a sexta-feira dois dos dias de mais trânsito.

 

Veja também: Os EUA já têm um carro que voa

 

A nível global, a Cidade do México foi considerada a cidade com mais trânsito, com um nível de congestionamento de 66% (que pode chegar aos 101% na hora de ponta do final do dia), o que representa até 227 horas de tempo extra perdido pelos condutores em deslocações anualmente. Logo a seguir no ranking surgem Banguecoque (61%), Jakarta (58%), Chongqing (52%) e Bucareste (50%), que completam o Top 5 das cidades mais congestionadas do mundo. (Rankings das cidades mais congestionadas a nível global e por continente em baixo)

 

(*) A percentagem do nível de congestionamento representa o tempo extra de viagem que um condutor, em média, despende quando se depara com uma situação de engarrafamento, por comparação com situações de trânsito fluido.

Artigo anterior

Emma Watson cria conta de Instagram de moda sustentável

Próximo artigo

E os brinquedos do ano são...