Home»FOTOS»Linguagem corporal: quando a forma de dar a mão indica o estado de um casal

Linguagem corporal: quando a forma de dar a mão indica o estado de um casal

A linguagem corporal entre os casais tem muito que se lhe diga e consegue transmitir muita informação a um olho treinado. Que o diga Alexandre Monteiro, especialista em decifrar pessoas e autor de «Os Segredos que o Nosso Corpo Revela», que consegue até perceber se um casal está à beira do divórcio só de olhar. Veja alguns significados.

Pinterest Google+

Num relacionamento de um casal, devido às muitas distrações do nosso dia a dia e à rotina, deixamos de dar importância a certos sinais não verbais que a parceira ou parceiro dão, e isso pode ser fatal para muitas relações.

 

Numa relação é muito importante perceber diariamente a congruência entre o verbal e o não-verbal, perceber se o corpo transmite o mesmo que as palavras. Ter consciência dos sinais mais importantes do outro vai fazer com que tenha o poder de entender o outro na sua plenitude e não se iludir somente pelas palavras.

 

Existem pistas não verbais importantes para confirmar de uma forma simples se a relação de um casal está saudável ou em risco. Através de sinais não-verbais, fáceis de observar, poderá perceber qual o estado do relacionamento, saber quem é o elemento dominante, qual a intensidade da ligação, a sintonia e a intimidade no momento. Vamos então verificar alguns sinais e, na galeria acima, pode ver imagens e o resumo de 18 significados.

 

VEJA TAMBÉM: 10 HÁBITOS DOS CASAIS FELIZES SEGUNDO UMA ESPECIALISTA EM RELAÇÕES

Passear

O elemento do casal que anda com a parte superior da mão virada para a frente é o que tem mais poder de decisão na relação; se entrelaça os dedos revela relação sólida e intimidade física ativa; se um puxa pelo outro, o que puxa é o dominante na relação, gosta e quer proteger o «puxado»; não têm as mãos dadas, mas um dos elementos agarra no braço do outro: este é aquele que mais se esforça e mais faz pela relação. Atravessar a rua e não avisar o outro de que o vai fazer, andar demasiado à frente ou evitar o carinho em público é falta de ligação emocional.

 

Abraço

Há casais que gostam mais de andar abraçados, e pela posição dos braços podemos perceber qual o mais dominante ou até se se trata de uma pessoa possessiva. Quando ambos caminham com os braços por detrás das costas um do outro revela igualdade de status, sintonia, e ambos são protetores porque os braços se encontram ao mesmo nível. Para conseguir saber qual o dominante do casal, repare no elemento do casal que tem o braço numa zona superior, como, por exemplo, se um coloca o braço nas costas e o outro no ombro. O que coloca no ombro é o mais dominante. No entanto, podemos, através de outras pistas, perceber o tipo de domínio, se é mais carinhoso ou possessivo.

 

Se ela coloca a mão no peito dele, isto revela orgulho e está a enviar uma mensagem: «Este homem é meu». Se a mão assenta bem em cima do ombro é sinal de carinho. Se a mão fica como «caída» ou pendurada no ombro é sinal de egoísmo. E e o mais perigoso é quando o abraço é como uma «gola», isto é, o braço envolve o pescoço do outro. Isto revela que o elemento é demasiado possessivo e poderá ainda indicar que é muito controlador e ciumento.

 

VEJA TAMBÉM: AS RAZÕES MENOS ÓBVIAS PARA O FIM DE UMA RELAÇÃO

 

Para avaliar um abraço deve avaliá-lo não na parte superior do corpo, mas sim entre os quadris: quanto menor a distância entre os quadris, maior o grau de ligação e intimidade. Consegue perceber melhor este sinal quando se abraçam, se as zonas da pélvis estiverem próximas, melhor é a ligação e a intimidade Em casais, quando ele coloca a mão nas costas dela ao caminhar é um sinal de uma boa ligação emocional entre os dois e um sentimento de protecção por parte dele em relação a ela.

 

Dormir

Para saber quem é o mais dominante na relação ou tem mais poder de decisão, veja qual o elemento do casal que dorme do lado da porta do quarto, se vivem num apartamento, ou do lado da janela, se vivem numa vivenda. O mais dominante dorme do lado de onde poderá surgir uma ameaça.

 

Uma pista mais para os homens é observar a distância entre os pés dela e os dele, quando estão deitados na cama. Se ela afasta os pés dos dele é porque algo menos bom aconteceu e está aborrecida, se aproxima indica uma boa ligação emocional, se entrelaça as pernas nas do parceiro é excelente.

Artigo anterior

7 dias, 7 menus detox

Próximo artigo

Céu noturno de Mértola certificado como Destino Turístico Starlight