Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Lenda de Dona Lopa recriada em Linhares da Beira

Lenda de Dona Lopa recriada em Linhares da Beira

Sob o mote "Dona Lopa e o Segredo Revelado", celebra-se não só o imaginário popular da Aldeia Histórica de Linhares da Beira, como também a sua história, cultura, gastronomia, costumes e tradições, numa programação diversificada e à medida de todos os gostos e idades.

Pinterest Google+
PUB

No dia 31 de julho é a vez da Aldeia Histórica de Linhares da Beira receber o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” 2021. Sob o mote “Dona Lopa e o Segredo Revelado“, será um dia para viajar pelos mitos e lendas que povoam o imaginário popular da Aldeia Histórica de Linhares da Beira, e também pela sua História, cultura, gastronomia, costumes e tradições.

 

Um programa repleto de diversão, para miúdos e graúdos, que terminará com um concerto do músico português Moullinex.

 

Um dos mil e um tesouros da Aldeia Histórica de Linhares da Beira são os seus mitos e lendas. De geração em geração, são contadas estórias como o segredo de Dona Lopa, D. Rodrigo e o milagre da lua nova, entre outras.

 

O segredo de Dona Lopa

Sob o mote “Dona Lopa e o Segredo Revelado”, celebra-se não só o imaginário popular da Aldeia Histórica de Linhares da Beira, como também a sua história, cultura, gastronomia, costumes e tradições, numa programação diversificada e à medida de todos os gostos e idades.

 

Reza a lenda que Dona Lopa e a sua criada viviam numa casa nesta ladeia. Certo dia, Santo António, disfarçado de mendigo, bateu à porta e avisou-a que a sua criada era o diabo. Para poder confirmar, Santo António terá dito que cobrisse o chão de cinza e assim veria com os seus próprios olhos. Dona Lopa assim fez e, no dia seguinte, aos primeiros raios de sol, lá estavam no chão os pés de cabra desenhados. E assim, o diabo, que estava prestes a somar mais uma alma, fugiu pela floresta e abandonou a casa. Mas, na cornija da casa, lá está a cabeça de cabra.

 

VEJA TAMBÉM: SETE LUGARES SECRETOS PARA UMA AVENTURA EM PORTUGAL

 

Assim, no dia 31 de julho (sábado), o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” promove, na Aldeia Histórica de Linhares da Beira, uma mostra de produtos endógenos, uma visita orientada interativa, uma oficina gastronómica de produtos locais e um concerto do músico português Moullinex, que terá como cenário o castelo da aldeia.

 

Devido à pandemia, a participação no evento será limitada e sujeita a inscrição prévia – mas a festa poderá ser sentida e vivida em todo o mundo, via streaming, no Facebook das Aldeias Históricas de Portugal.

 

A inscrição, que é gratuita, pode ser feita para a totalidade das atividades ou apenas para um momento específico, como um concerto ou uma visita guiada – sendo que o limite de participantes dependerá do espaço e da tipologia de cada atividade.

 

Para se inscrever para o programa do evento da Aldeia Histórica de Linhares da Beira é necessário contactar o Posto de Turismo de Linhares da Beira, através do número 271 776 307 ou o e-mail turismo@cm-celoricodabeira.pt ou as Aldeias Históricas de Portugal, junto do número 275 913 395 ou do e-mail inovacao@aldeiashistoricasdeportugal.com.

 

Este evento é promovido pela Aldeias Históricas de Portugal – Associação de Desenvolvimento Turístico, numa organização do Município de Celorico da Beira, Associações e Agentes económicos locais. Uma iniciativa apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).

 

 

Artigo anterior

Legumes frescos ou congelados: qual a melhor opção?

Próximo artigo

Quatro experiências gastronómicas que vão além de uma refeição