Home»GLAMOUR»BELEZA»Lasers: quais os tipos e qual a melhor altura do ano para realizar?

Lasers: quais os tipos e qual a melhor altura do ano para realizar?

Já todos conhecemos, de alguma forma, a atuação dos lasers na medicina estética e as suas vantagens nos tratamentos. Mas a pergunta que surge frequentemente é: qual o melhor laser para o meu problema específico?

Pinterest Google+
PUB

Os procedimentos a laser não são todos iguais. Podem fazer-se cirurgias a laser, mas a mesma tecnologia também serve para rejuvenescimento facial ou mesmo depilação, pelo que não poderiam ser todos iguais.

 

Na área da estética facial, os lasers são ótimas opções para múltiplos problemas: manchas, marcas de acne, melasma, fotoenvelhecimento, coup rose, entre outros. Por exemplo, o laser q-switch é um tipo de laser ótimo para contrariar as manchas ou os lasers fracionados de CO2 ou erbium são excelentes para rejuvenescimento e tratamento da ruga fina.  Aconselhe-se com um especialista para conseguir o resultado que deseja.

 

Outra questão frequente que me colocam é qual a melhor altura do ano para fazer um tratamento com laser. Regra geral os lasers deverão ser realizados em alturas com menos sol, nomeadamente no outono e no inverno.

 

VEJA TAMBÉM: HARMONIZAÇÃO FACIAL PARA UM ROSTO REJUVENESCIDO

 

Os lasers que atuam por abrasão da pele, ou seja, que removem de forma controlada a camada superficial da pele para que esta se renove posteriormente, devem ser feitos no outono/ inverno. É esta a razão pela qual alguns tratamentos a laser são mais procurados nesta altura, já que a pele acaba por sofrer uma agressão controlada e fica mais sensível aquando do procedimento.

 

Neste sentido, deverá evitar a exposição solar frequente, aplicando um bom protetor solar; hidratar muito bem a pele seguindo os conselhos do profissional de saúde (evitar agressões ou substâncias ácidas); e beber bastante água para ajudar na recuperação.

 

Há alguns outros tipos de lasers mais específicos que poderão ser realizados ao longo de todo o ano. Pergunte ao seu médico assistente qual o melhor tratamento para o seu problema e quando é aconselhável fazer o protocolo.

 

Como funciona?

Os tratamentos de laser são aplicados no consultório após uma avaliação médica, em tempo de consulta. Habitualmente é um procedimento rápido e bem tolerado e, caso seja necessário, aplico uma anestesia local nas áreas mais sensíveis.

 

O facto de utilizar lasers fracionados leva a um restabelecimento mais rápido e a recuperação completa da pele dá-se entre os 3 e os 5 dias posteriores.

 

Nos dias de hoje, existe uma grande variedade de lasers com diversos objetivos, pelo que sugiro que procure o mais indicado para o seu caso. Pesquise e esclareça todas as suas dúvidas antes de avançar para o tratamento. Não obstante, visto estarmos a falar de tratamentos por abrasão térmica, é essencial que procure um profissional certificado.

Artigo anterior

Vencer enxaquecas e cefaleias em tempo de confinamento

Próximo artigo

Dia Mundial do Braille ressalta importância da linguagem escrita para os direitos humanos