Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»Laranja: concentrado de vitamina C

Laranja: concentrado de vitamina C

Consumida de novembro a maio, este fruto rico em vitamina C é o companheiro certo para ajudar a reforçar e manter um bom sistema imunitário.

Pinterest Google+
PUB

A grande característica da laranja é a sua riqueza em vitamina C. Em 100gr de laranjas, podemos obter 66,5% da dose diária recomendada (DDR) desta vitamina, segundo o Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável (PNPAS)

 

A vitamina C, ou ácido ascórbico, é um poderoso antioxidante com vários efeitos benéficos no organismo. É essencial para a biossíntese de colagénio e determinados neurotransmissores, está envolvida no metabolismo proteico e tem ainda poder antioxidante e a capacidade de regenerar outros antioxidantes no corpo, tais como a Vitamina E, refere o PNPAS.

 

Para além disso, a Vitamina C tem um papel importante no sistema imunitário, promove a absorção do ferro, favorece a formação de dentes e ossos, protege o coração. Os sintomas iniciais de défice de vitamina C incluem fadiga, mal-estar e inflamação das gengivas. Em fases gravosas origina escorbuto.

 

VEJA TAMBÉM: DA LINHA AO SISTEMA IMUNITÁRIO: OS BENEFÍCIOS DE BEBER ÁGUA MORNA COM LIMÃO

 

É importante observar que a vitamina C é muito instável. Ao reagir ao oxigénio, as suas propriedades esvaem-se. Por isso é importante consumir os frutos ou sumos feitos na hora.

 

Mas, de preferência, a laranja deve ser consumida por inteiro, uma vez que, ao ser transformada em sumo, dá-se a perda de fibra e vitaminas, e, consequentemente, uma diminuição na sua riqueza nutricional.

 

Ainda assim, dentro dos sumos de fruta, será preferível do ponto de vista das vitaminas, minerais e polifenóis, os sumos naturais de laranja feitos na hora aos sumos 100% e estes aos néctares.

 

 

Composição nutricional:         100g           DDR%

Energia (Kcal)                                     47           2,4

Lípidos totais (g)                                  0              0

Colesterol (mg)                                    0              0

Hidratos de carbono totais (g)        12           4,6

Fibra (g)                                                 2              8

Proteínas (g)                                         1              2

Sal (g)                                                     0              0

Vitamina C (mg)                              53,2         66,5

Tiamina (mg)                                      0,1           9,1

Potássio (mg)                                      181         9,1

Cálcio (mg)                                           40             5

Fonte: PNPAS

 

 

 

Artigo anterior

Porque aumenta o sexo com a chegada da primavera?

Próximo artigo

Alguns hábitos comuns que prejudicam a sua saúde oral