Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»João Cajuda: «Sou mais otimista, tolerante e paciente»

João Cajuda: «Sou mais otimista, tolerante e paciente»

Já visitou 32 países e diz que todas as viagens o mudam um bocadinho. Começou como ator, mas hoje passa a vida a viajar e a mostrar o mundo ao mundo. Foi, por isso, considerado o 15º bloguer de viagens mais influente do mundo.

Pinterest Google+

O João foi eleito recentemente, pela plataforma Rise, como o 15º bloguer de viagens mais influente do mundo. Como viu esta distinção?

Fiquei muito feliz, embora não ligue muito aos top’s, mas é sempre bom ver o meu trabalho reconhecido a nível mundial na área das viagens.

 

Quando e como começou a viajar?

Desde criança, embora só a partir dos 18 anos quando comecei a trabalhar é que me aventurei para destinos mais distantes e menos turísticos.

 

Veja a galeria: Dicas de viajantes experientes

 

Tem mais de 430 mil fãs nas redes sociais. Desde quando? Como chegou aqui?

Tenho as minhas redes sociais há pouco mais de dois anos. Não sei muito bem como cheguei a este número, foi uma coisa que aconteceu rapidamente e pela qual eu não estava à espera. Dedico muito tempo às redes sociais, é o meu maior meio de comunicação para com o meu público. Tento sempre partilhar conteúdo interessante, visualmente cativante e que inspire os meus seguidores a viajar mais. É muito trabalhoso, mas deu os seus frutos, os vídeos acabaram por se tornar virais pelo mundo e penso que essa é a principal razão para que tenha tantos viajantes a seguir o meu trabalho.

 

Começou como ator, mas está agora na área das viagens. É a sua plena atividade profissional agora? 

Sim, neste momento estou a 100% dedicado à área do turismo, até porque me ocupa todo o tempo, tenho de planear o ano de trabalho com muita antecedência o que não me dá espaço para representar. Não quer dizer que ocasionalmente não possa fazer uma participação especial, afinal de contas não se esquece a representação de um dia para o outro.

 

Veja a galeria: As 10 melhores ilhas da Europa são…

 

Organiza viagens de grupos. Para que países e o que oferece?

Organizo viagens de aventura para pequenos grupos. Inicialmente fazia apenas Marrocos, mas em 2017 terei tours para Marrocos, Tailândia, Tanzânia… e outros destinos que ainda não posso revelar.

 

Qual o feedback das pessoas?

É muito positivo, não tenho nenhum viajante que não tenha gostado da experiência. Na verdade, são viagens bastantes diferentes daquilo a que o português está habituado. Aqui a intenção não é descansar, nem tão pouco ficar fechado num resort ou num museu… é pegar na mochila e partir, para conhecer um novo povo, uma nova cultura, paisagens incríveis, fazer novos amigos, sempre num clima relaxado e divertido.

Artigo anterior

Quando tinha 20 anos achava que…

Próximo artigo

A nossa matéria-prima