Home»BEM-ESTAR»CORPO»Inteligência artificial identifica personalidade de uma pessoa pelo movimento dos olhos

Inteligência artificial identifica personalidade de uma pessoa pelo movimento dos olhos

Costuma-se dizer que 'os olhos são o espelho da alma' e a ciência computacional vem agora provar que até é verdade. Mas esta capacidade ainda só se encontra ao alcance da popular Inteligência Artificial, que numa nova pesquisa conseguiu estas informações analisando os movimentos realizados pelos olhos.

Pinterest Google+

A Universidade do Sul da Austrália realizou um estudo que indica que os olhos, apenas pela forma como se movem, são um indicador do tipo de personalidade que cada pessoa tem. Este indicador pode ser lido através de dispositivos de Inteligência Artificial (IA).

 

Uma pesquisa realizada pela Universidade do Sul da Austrália, e que contou com a participação da Universidade de Estugarda, a Universidade Flinders e o Instituto Max Planck de Informática (na Alemanha), utilizou algoritmos de aprendizagem que são utilizados pelas mais recentes máquinas que recorrem à inteligência artificial para poderem estudar alguns dos sinais dados pelos olhos humanos.

 

VEJA TAMBÉM: NOVE SINAIS DE QUE O SEU FILHO PODE PRECISAR DE UM EXAME AOS OLHOS

 

O software utilizado reconheceu com grande fiabilidade os principais traços de personalidade: neocriticismo (tendência para experimentar emoções negativas), extroversão (pessoa que expressa com grande facilidade os seus sentimentos), afabilidade (qualidade da pessoa que é afável) e consciência (pode revelar a noção dos estímulos à volta de um indivíduo).

 

Durante este estudo, que pretendeu demonstrar uma ligação entre a personalidade e os movimentos oculares, foi descoberto que os movimentos oculares das pessoas revelam se são sociáveis, conscientes ou curiosos. Para alcançar estes resultados, os investigadores da Universidade do Sul da Austrália acompanharam os movimentos oculares de 42 participantes enquanto estes realizavam tarefas diárias em torno do campus universitário. Posteriormente, foram avaliados vários traços de personalidade através de questionários.

 

Tobias Loetscher, investigador da Universidade do Sul da Austrália, afirma que «há certamente o potencial para estas descobertas melhorarem as interações homem-máquina. Esta pesquisa oferece novas oportunidades para desenvolver robôs e computadores que compreendam melhor os sinais humanos».

 

VEJA TAMBÉM: SAIBA COMO TRATAR OLHOS SECOS SAZONAIS

 

Um computador socialmente consciente vai acabar por oferecer serviços mais aprimorados e personalizados consoante os desejos da pessoa que esteja naquele momento a interagir com a máquina, acredita o investigador.

 

Este não é o primeiro estudo a debruçar-se sobre as mensagens dos olhos. Um estudo feito na Universidade de Orebro, na Suécia, concluiu que não é necessário olhar para “dentro” dos olhos de alguém, pois tudo o que precisa de saber está ali à superfície, nomeadamente segundo a cor de cada olho. Fique a saber o que os seus olhos dizem sobre si na galeria no início do artigo.

Artigo anterior

A hora a que se come afeta a nossa tolerância ao sol

Próximo artigo

Destinos a descobrir em Portugal