Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Infarmed alerta para perigos da polimedicação

Infarmed alerta para perigos da polimedicação

Tomar muitos medicamentos pode gerar reações adversas. A iniciativa que visa alerta para os perigos da polimedicação conta com a participação de 57 países de 33 idiomas diferentes. A campanha de alerta assenta nas redes sociais.

Pinterest Google+

O Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde está a promover a campanha europeia Med Safety Week 2019, pelo quarto ano consecutivo.

 

Esta campanha, a decorrer esta semana, consiste numa semana de partilha e divulgação de vídeos e animações sobre os temas da polimedicação e da importância da notificação de reações adversas a medicamentos, assente no uso de redes sociais, sites das agências e media.

 

Esta iniciativa é organizada pelos Heads of Medicines Agencies, por via do seu Working Group of Communications Professionals, este ano com a colaboração do Uppsala Monitoring Centre (UMC) – Collaborating Centre for International Drug Monitoring da Organização Mundial de Saúde – e a International Coalition of Medicines Regulatory Authorities (ICMRA).

 

VEJA TAMBÉM: TOME ANTIBIÓTICOS DE FORMA RESPONSÁVEL

 

A iniciativa conta com a participação de 57 países de 33 idiomas diferentes, o que revela um significativo aumento de adesão face ao ano transato em que participaram 32 países. A campanha de alerta assenta nas redes sociais, nomeadamente no Twitter, LinkedIn e Facebook.

 

Em comunicado, o Infarmed informa que espera, com esta iniciativa, melhorar a informação da população no que respeita à importância de notificar os efeitos adversos dos medicamentos, pois constitui uma das ferramentas mais importantes de recolha de dados na área da segurança dos medicamentos.

 

Imagem da campanha:

Artigo anterior

Grey Saturday: o dia de compras mais seguro desta época festiva

Próximo artigo

Sustentabilidade motiva consumidores a limitar gastos