Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Hospital da Bonecada regressa hoje para ajudar a acabar com o medo dos médicos

Hospital da Bonecada regressa hoje para ajudar a acabar com o medo dos médicos

De 25 de abril a 4 de maio, as crianças dos 3 aos 10 anos poderão brincar aos hospitais para ajudar a acabar com o medo do senhor doutor. As ‘consultas’ aos seus bonecos vão decorrer na Praça Central do Centro Colombo, em Lisboa.

Pinterest Google+
PUB

Uma ida ao médico ou ao hospital raramente é um momento fácil para as crianças. É para ajudar a acabar com estes medos e a encarar uma ida ao hospital com maior naturalidade que o Hospital da Bonecada convida as crianças dos 3 aos 10 anos a levarem os seus bonecos e a entrarem num jogo de “faz de conta”. Dedicado “pequenos doutores”, este “Hospital do Faz de Conta” pretende familiarizar os mais novos com o ambiente do hospital, reduzindo o medo da “bata branca” e os receios associados às idas ao hospital. De 25 de abril a 4 de maio, a Praça Central do Centro Colombo vai receber, todos os dias das 9H30 e as 21H00, a 18ª Edição do Hospital da Bonecada.

 

Para participarem, as crianças terão apenas que levar os seus “melhores amigos bonecos” para serem tratados pelos “doutores”. Ao chegarem ao hospital, os seus brinquedos preferidos vão ser recebidos por estudantes de Medicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Psicologia, Nutrição, Radiologia, Medicina Dentária, Terapia da Fala, entre outras áreas de especialização, que assumem o papel de profissionais de saúde e explicam às crianças, de forma lúdica e pedagógica, as respetivas fases de tratamento dos bonecos.

 

 

VEJA TAMBÉM: DEIXE AS CRIANÇAS SUJAREM-SE

 

A iniciativa vai ter alguns convidados especiais, os padrinhos da iniciativa  – Cláudia Borges, Marta Andrino, Frederico Amaral e Núria Madruga, que vão passar por lá e falar com os mais pequeninos e estarão também disponíveis para falar com a imprensa sobre esta participação no projeto. As datas em que irão estar presentes são:

– Cláudia Borges: 27/04,12:00-13:30;

– Marta Andrino e Frederico Amaral: 29/04,11:00;

– Núria Madruga: 04/05, “antes da hora de almoço”.

 

Esta iniciativa tem como principal objetivo desmistificar os cuidados de saúde no hospital e familiarizar os mais pequenos com estes profissionais e com os vários procedimentos médicos, que muitas vezes dão origem ao “síndrome da bata branca”.

 

O Hospital da Bonecada by Bayer é uma iniciativa levada a cabo pela Associação de Estudantes da NOVA Medical School – Faculdade de Ciências Médicas (AEFCM) que conta já com a sua 18ª Edição. Esta iniciativa tem a participação dos cursos de Medicina da Nova Medical School (Universidade Nova de Lisboa), Medicina Dentária (Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz), Enfermagem (Universidade Católica), Ciências Farmacêuticas (Universidade Lusófona), Fisioterapia, Imagem Médica e Radioterapia, Nutrição e Dietética e Ortóptica (Escola Superior de Tecnologias da Saúde de Lisboa – ESTSL), Terapia da Fala (Escola Superior de Saúde do Alcoitão) e Psicologia (Universidade de Lisboa).

 

VEJA TAMBÉM: O USO CORRETO DE TECNOLOGIAS POR PARTE DAS CRIANÇAS

Criado em 2001, o Hospital da Bonecada by Bayer é uma ação pioneira em Portugal que tomou como fonte de inspiração para a sua criação o Projeto “Teddy Bear®”, desenvolvido pela European Medical Students Association (EMSA). Partindo de um hospital modelo, o Hospital da Bonecada adota uma infraestrutura idêntica à realidade para que as crianças possam conhecer, de forma lúdica e pedagógica, os diversos elementos constituintes e para que percebam melhor o funcionamento do Hospital. Na 17ª edição, o projeto contou com mais de três mil crianças envolvidas nas diferentes iniciativas.

 

A viagem pelo Hospital “a sério” começa na “Sala de Triagem” onde os “doentes” são vistos antes de serem encaminhados para os “Consultórios Médicos”, o local em que as crianças são recebidas por estudantes de Medicina como se fossem médicos, explicando-lhes as doenças dos seus “filhos”/brinquedos.

 

Segue-se a “Sala de Farmácia” e a “Sala de Análises Clínicas”, no qual as crianças ficarão a saber mais sobre o uso racional dos medicamentos e a “Sala de Imagem Médica e Radioterapia”, onde poderão observar o raio X dos seus “filhos”. Esta viagem continua na “Sala de Desinfeção” e no “Bloco Operatório” para as crianças aprenderem como uma cirurgia se processa. Este Hospital integra ainda o “Ginásio de Fisioterapia”, onde as crianças podem fazer, em forma de brincadeira, alongamentos e exercícios com os seus brinquedos, a “Sala de Terapia Ocupacional”, onde podem ver se os seus “filhos” estão a ver bem, e a “Sala de Psicologia”, na qual os estudantes de Psicologia recebem as crianças e irão clarificar-lhes alguns pontos que precisem de saber sobre o tema.
Conta ainda com uma “Sala de Nutrição”, onde são aconselhadas por estudantes de Ciências de Nutrição e Dietética sobre tudo o que faz parte da alimentação e hábitos de vida saudáveis, um “Consultório de Medicina Dentária” onde são desmitificados os instrumentos utilizados pelos dentistas, a ”Sala de Ortopedia” e a “Sala da Terapia da Fala”, onde é explicado o que significa, na verdade, este nome complicado.

.

Artigo anterior

Vão sair pela primeira vez? Reveja as regras para o primeiro encontro

Próximo artigo

O mundo do chocolate está de volta a Óbidos