Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Hospital da Bonecada regressa para ajudar a acabar com o medo dos médicos

Hospital da Bonecada regressa para ajudar a acabar com o medo dos médicos

De 22 de abril a 1 de maio, as crianças dos 3 aos 10 anos poderão brincar aos hospitais para ajudar a acabar com o medo do senhor doutor. As ‘consultas’ aos seus bonecos vão decorrer na Praça Central do Centro Colombo, em Lisboa.

Pinterest Google+
PUB

Entre 22 de abril e 1 de maio, a Praça Central do Centro Colombo volta a transformar-se num hospital faz de conta. Nesta 21ª edição, o Hospital da Bonecada, além do objetivo de eliminar a síndrome da bata branca, dará especial destaque ao tema “A Criança e as Perturbações Sensoriais”, num evento totalmente inclusivo.

 

Esta edição estará adaptada para receber crianças com perturbações sensoriais, como incapacidade visual e verbal ou surdez — haverá, inclusive, boletins em Braile —, sendo que o dia 1 de maio é especialmente dedicado a este grupo. Durante a manhã, a Associação Bengala Mágica irá levar crianças cegas, enquanto no período da tarde outras duas associações estarão no local com crianças surdas, assim como intérpretes.

 

VEJA TAMBÉM: DEIXE AS CRIANÇAS SUJAREM-SE

 

Para os que sofrem de autismo, está prevista também uma data especial, para 29 de abril, a partir das 10h00, que irão ao Hospital da Bonecada, através de uma associação, acompanhadas por técnicos especializados para a melhor experiência possível.

 

As novidades da nova edição do Hospital da Bonecada no Colombo não ficam por aqui, já que o evento terá uma vertente solidária, com o lucro dos produtos que vão estar para venda no local a reverter para a Associação Bengala Mágica, cuja missão é apoio a crianças e jovens com deficiência visual.

 

Além disso, as crianças que visitarem este hospital de brincar vão ter a habitual possibilidade de levar os seus bonecos a este espaço e tratar deles com a ajuda de estudantes universitários de 15 áreas, desde medicina e medicina dentária a dietética e ciências da nutrição. Do consultório médico ao bloco operatório, incluindo a sala dos sentimentos (psicologia), os mais pequenos, entre os três e os dez anos, vão passar por várias salas.

O Hospital da Bonecada é de entrada gratuita e decorre todos os dias, de 22 de abril a 1 de maio, das 9h30 às 21h00. Contudo, nesta edição, através da presença do projeto MarcaMundos, os acompanhantes também terão um momento dedicado a eles com a realização de rastreios de hipertensão arterial e de avaliação de glicémia.

 

Paulo Gomes, diretor do Centro Colombo, refere “que é para o Centro muito recompensador voltar a receber e apoiar mais uma edição de um projeto tão relevante para os mais pequenos, este ano com o extra de chamar a atenção para as perturbações sensoriais nas crianças. Esperamos continuar a fazer parte desta história.”

 

Criado em 2001 pela Associação de Estudantes da Nova Medical School — Faculdade de Ciências Médicas, o Hospital da Bonecada permite não só desmistificar o que acontece em contexto hospitalar como fazer com que os mais pequenos percam o receio de ir ao médico. Na última edição, em 2021, no Centro Colombo, esta iniciativa impactou mais de 2060 crianças.

 

 

Artigo anterior

Nova lei do condomínio: conheça os novos requisitos

Próximo artigo

Como congelar os diferentes tipos de alimentos