Home»GLAMOUR»BELEZA»Harmonização facial para um rosto rejuvenescido

Harmonização facial para um rosto rejuvenescido

Nas minhas consultas de medicina estética tem sido frequente a procura de uma solução para o rosto como um todo, ou seja, a combinação de vários procedimentos estéticos para um resultado global otimizado. A esta conjugação de tratamentos faciais chamamos de harmonização facial, melhorando então vários aspetos na face, levando ao seu rejuvenescimento.

Pinterest Google+

Os procedimentos a aplicar variam sempre consoante o caso concreto, tendo em conta a expectativa da paciente e o que pretende melhorar, assim como outros fatores, como o tipo de pele ou questões genéticas. Como profissional de saúde, tenho de ter sempre estas informações antes de avançar para um plano de tratamentos para que o possa adequar à pessoa.

 

De notar ainda que a combinação de tratamentos de uma paciente pode não ser a mais indicada para outra paciente visto que temos diferentes fisionomias e formatos faciais pelo que cada pessoa deve ter um plano de tratamentos adaptado ao seu rosto.

 

Quer isto dizer, por exemplo, que numa paciente poderemos atuar mais ao nível da testa e da zona dos olhos e numa outra paciente tenhamos que nos focar nas maçãs do rosto e contorno mandibular mas, em ambas, se fez a chamada harmonização facial.

 

Como tal, não há uma “regra” na harmonização facial e, no geral, os procedimentos utilizados são os preenchimentos com ácido hialurónico, a toxina botulínica (vulgo botox) e a colocação de fios suspensores que nos ajudam a levantar a pele da face com um efeito semelhante ao lifting mas sem recorrer a cirurgia.

 

A harmonização facial está engobada nos chamados “tratamentos de hora de almoço” já que tem a vantagem de ser feita em consulta, não carecendo de cuidados posteriores específicos, podendo regressar à sua rotina habitual e até mesmo à sua atividade profissional.

 

Para se ter uma melhor perceção, vamos a casos concretos:

 

Harmonização facial 1: a paciente não estava satisfeita com a linha irregular do nariz, o surgimento de rugas de expressão na testa e ainda o formato das maçãs do rosto e mandíbula. O plano de tratamentos passou pela rinomodelação, ou seja, aplicação de preenchimento com ácido hialurónico na cana e ponta do nariz para um aspeto mais natural e uniforme; ainda utilizando o ácido hialurónico, redefinimos as maçãs do rosto que se tornaram mais delineadas; posteriormente passámos para a zona da testa e, para eliminar as rugas de expressão, aplicámos toxina botulínica.

 

 

Harmonização facial 2: neste caso a paciente queria eliminar a pele flácida na zona das bochechas e pescoço, assim como as linhas de marionete que, como o nome indica, são as linhas que as marionetes têm e que vão desde os cantos da boca até ao queixo. Neste sentido o plano de procedimentos iniciou-se com a aplicação de fios suspensores com o objetivo de “esticar” a pele flácida; de seguida utilizámos o ácido hialurónico para uma maior definição do contorno mandibular que foi complementada com o preenchimento das linhas de marionete.

 

 

Como se pode observar nestes dois casos, as diferenças são notórias logo após a harmonização facial. A combinação de procedimentos mais indicada para cada situação acaba por levar a um rejuvenescimento facial bastante natural. Ao conjugar tratamentos acabamos por melhorar os vários pontos apontados pelas pacientes e obtemos um resultado global perfeito.

 

De salientar que apesar de as alterações serem visíveis logo após a sessão de tratamento, ao longo das semanas seguintes o resultado será ainda mais potenciado.

 

Marque uma consulta com o seu profissional de saúde especializado e saiba qual a melhor conjugação de procedimentos estéticos para si e que a levarão a alcançar um rosto rejuvenescido e de aspeto natural.

Artigo anterior

Hiperplasia Benigna da Próstata: uma doença mais habitual e menos conhecida que o cancro da próstata

Próximo artigo

Mina de S. Domingos: regresso ao passado a céu aberto