Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»H2Off: hoje, às 22h, feche a torneira durante 60 minutos

H2Off: hoje, às 22h, feche a torneira durante 60 minutos

Campanha da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas pretende impulsionar a mudança de comportamentos e apelar a uma consciencialização sobre o uso eficiente da água. A iniciativa tem lugar às 22h no Dia Mundial da Água.

Pinterest Google+
PUB

Hoje, 22 de março, pelas 22h horas, feche a torneira da água durante 60 minutos. A iniciativa H2Off parte da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas, que pretende alertar para o uso consciente de um recurso cada vez mais escasso.

 

A iniciativa, que conta com o apoio de várias organizações, como a Liga para a Proteção da Natureza, Associação Zero e Quercus, apela a que se feche as torneiras durante uma hora no dia em que se assinala o Dia Mundial da Água.

 

«O stress hídrico e a escassez de água estão na agenda política e social, constituindo uma ameaça para a humanidade, que se agravará à medida que o impacto das mudanças climáticas e a ocorrência de eventos extremos se forem acentuando, juntamente com o crescimento da urbanização e o aumento populacional», alerta a APDA.

 

VEJA TAMBÉM: ÁGUA É VIDA E É ESCASSA. VEJA COMO A POUPAR EM CASA

Vários especialistas em todo o mundo vêm emitindo alertas de que as tensões criadas com as situações de escassez de água estão a aumentar, sendo importante equilibrar a necessidade deste recurso entre irrigação, produção de energia e abastecimento de habitações e empresas. «Os conflitos em torno da água estão rapidamente a tornar-se numa realidade que podemos ter de enfrentar num futuro não muito distante», refere a associação.

 

​No passado mês de setembro, um relatório da ANP|WWF deu conta de que Portugal está a perder água. Nos próximos 100 anos poderá haver uma redução até 30% na precipitação em regiões que atualmente já estão a atravessar séria escassez hídrica, como o Algarve.

 

Devido ao aumento global de temperatura, a verões mais longos, menos chuva no inverno, e consequentemente menos água à superfície e a infiltrar-se na terra, o nosso país tem atravessado secas cada vez mais frequentes e prolongadas, particularmente em zonas onde isso não acontecia.

 

Também António Costa Silva, autor da ‘Visão Estratégica para o Plano de Recuperação Económica de Portugal 2030’, salienta que em Portugal já hoje se verificam situações de escassez ou falta de água em cerca de 2/3 do país.

 

Artigo anterior

Lanches saudáveis neste (novo) regresso às aulas

Próximo artigo

Já comeu fruta hoje? A hora certa para o fazer