Home»VIDA»CASA & FAMÍLIA»Refeições em casa: a forma correta de guardar as sobras

Refeições em casa: a forma correta de guardar as sobras

Quando existem sombras, torna-se imperativo manusear bem o excedente das refeições. Estas são as orientações do Conselho Europeu de Informação Alimentar para evitar o desperdício e algumas doenças relacionadas com o consumo de alimentos.

Pinterest Google+
PUB

Os alimentos uma vez cozinhados devem ser refrigerados ou congelados num prazo de duas horas. Após duas horas, as bactérias podem reproduzir-se atingindo níveis perigosos, tornando o alimento inseguro.

 

Sempre que manusear os alimentos, utilize utensílios limpos e tenha as mãos lavadas. Não deixe que os alimentos entrem em contacto com superfícies que não estejam limpas.

 

Sempre que quiser guardar sobras alimentares, coloque-as num recipiente novo e nunca onde foram cozinhadas ou servidas. Divida em porções pequenas e coloque num recipiente.

 

Deixe as sobras das refeições a esfriar no balcão da cozinha visto que quando coloca a comida quente numa embalagem fria já ajuda a que arrefeça. Prefira refrigerar no frigorífico antes de congelar, para conservar a sua estrutura.

 

Para descongelar as sobras alimentares sem perigo, pode usar o frigorífico, água fria ou colocar no micro-ondas.

 

Para aquecer o resto dos alimentos, deixe os molhos e sopa entrarem em ebulição. O restante deve aquecer de modo uniforme a 75º. Não reaqueça os alimentos mais do que uma vez ou misture os restos com alimentos frescos.

 

Não prove sobras quanto não tem certeza de que estão em condições para serem consumidas. Caso os alimentos tenham um cheiro peculiar, não os coma e deite-os fora.

Artigo anterior

As 20 cidades com as vistas mais bonitas do mundo

Próximo artigo

A 10 profissões ligadas às tecnologias de informação mais procuradas no mercado de trabalho