Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Grelina: o nome da fome é feminino e só trabalha de noite

Grelina: o nome da fome é feminino e só trabalha de noite

Pinterest Google+

Esta hormona da fome, que circula durante a noite no nosso organismo, é uma das hormonas do crescimento e está relacionada com a forma como a serotonina (4) desencadeia a produção de melatonina durante o ciclo biológico (5) noturno.

 

Neste trabalho da noite, a hormona da melatonina (6), também em uníssono, faz a faxina dos radicais livres no cérebro. O que nos permite acordar felizes no dia seguinte.

 

E, desta forma simples, posso afirmar que o nosso equilíbrio depende deste laboratório da felicidade a que chamamos intestino. É nele que devemos concentrar a nossa atenção quando decidimos se queremos ser magros ou gordos.

 

O excesso de peso é o resultado de várias disfunções metabólicas, que dependem na sua maioria da saúde do sistema gastrointestinal.

 

Ao termos uma dieta saudável, temperada de bom senso, seremos pessoas com maior longevidade e mais qualidade de vida.

 

O intestino, cada vez mais destacado pela ciência médica e pela ciência natural, ganha o lugar de segundo cérebro, onde se fabrica a nossa verdadeira felicidade.

 

E, porque neste laboratório trabalha uma outra senhora chamada Cândida Albicans, que habitualmente atormenta a saúde de muitas mulheres, falarei sobre ela na próxima publicação.

 

(1) Ghrelin – GH hormona do crescimento e relin, liberação.
(2) Outros Factores – Habitos sociais, culturais e genéticos.
(3) Glicemia – É o nome dado à quantidade de glicose existente no sangue. Esse resultado está relacionado à insulina produzida pelo pâncreas e à quantidade de carboidratos ingeridos ao longo do dia.
(4) Serotonina – É um neurotransmissor que atua no cérebro regulando o humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal, sensibilidade a dor, movimentos e as funções intelectuais.
(5( Ciclo biológico Noturno – depende do ciclo circadiano do latim “cerca de um dia” (circa diem). Para facilitar a compreensão destes distúrbios imagine que o ritmo circadiano do nosso sono é o nosso “relógio biológico”.
(6) Melatonina – Regula e controla o nosso relógio biológico: melhora o sono, estimula o sistema imunológico e protege o sistema nervoso central.
Bibliografia de referência:
 Dr. Claude Lagarde – Conheça a Nutrição Celular.
 Susan M. Gale1, V. Daniel Castracane1 & Cristos S. Mantzoros – Grelina   e Controle da Energia de Homeostase.

 

Artigo anterior

Alexandra Moura outono/inverno 2016/17

Próximo artigo

Passatempo ‘Truques Antigos para Tempos Modernos’