Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Governo francês pede simpatia aos seus cidadãos

Governo francês pede simpatia aos seus cidadãos

O governo francês está prestes a lançar uma campanha de publicidade que pede aos franceses para serem mais simpáticos com os turistas, numa tentativa de acabar com a ideia de que os franceses são arrogantes e aumentar o número de visitantes do país

Pinterest Google+
PUB

O governo francês decidiu fazer da hospitalidade uma “prioridade nacional”. Assim, uma nova campanha de publicidade direcionada para os cidadãos franceses pede que estes sejam mais simpáticos com os turistas. A campanha faz parte do novo plano de turismo, que pretende aumentar o número de visitantes estrangeiros ao país e pretende, de forma “humorística”, pedir a ajuda de todos os franceses para acabar com a ideia de que os franceses são arrogantes e rudes com turistas.

A iniciativa foi apresentada esta semana pelo ministro dos negócios estrangeiros e desenvolvimento internacional francês, Laurent Fabius, no encerramento do encontro de promoção do turismo nacional, onde estiveram presentes 250 profissionais do turismo e representantes do governo.

Além da tentativa de melhorar as interações sociais entre habitantes e turistas, o novo plano de turismo vai focar-se em situações práticas que facilitam a vida dos visitantes, como melhorar o serviço de emissão de visas e reembolso de IVA. Ainda, o governo anunciou que é uma prioridade trabalhar no sentido de que as pessoas que interagem com turistas possam melhorar o nível de domínio de línguas estrangeiras e a qualidade dos seus serviços.

Esta não é a primeira vez que o governo francês pede a colaboração dos seus cidadãos no sentido de aumentar a hospitalidade. Já no ano passado, depois de um polémico ataque a um grupo de turistas chineses, o governo tomou medidas e distribuiu pelos restaurantes, lojistas e taxistas da cidade de Paris um manual de etiqueta com aulas de sensibilidade cultural sobre como lidar com turistas ingleses, chineses, americanos e brasileiros.

O objetivo anunciado pelo governo francês é atrair 100 milhões de turistas em 2020 e manter a sua posição como um dos destinos preferidos pelos turistas no mundo.

Por Joana de Sousa Costa

Artigo anterior

Já ouviu falar do Snapchat?

Próximo artigo

Cristiano Ronaldo dá nome a nova galáxia