Home»FOTOS»Ginos: há um novo italiano em Lisboa (que se vai estender a outros pontos do país)

Ginos: há um novo italiano em Lisboa (que se vai estender a outros pontos do país)

É o 122º restaurante da rede Ginos, que já tem 121 a funcionar em Espanha. O primeiro fora do país vizinho inaugurou a 24 de outubro, no Parque das Nações, e promete concorrência feroz na capital, ou não fossem os seus trunfos a cozinha italiana autêntica, com produtos vindos de Itália, a preços convidativos e servidos num ambiente contemporâneo. O primeiro de muitos em Portugal, dizem.

Pinterest Google+

Chama-se Ginos, faz parte do grupo de restauração espanhol Vips, que detém a exploração ibérica do Starbucks, e acaba de se instalar em Portugal. A primeira localização abriu a 24 de outubro, no Parque das Nações, em Lisboa. Veja algumas imagens na galeria acima.

 

Apresenta uma cozinha italiana autêntica, com produtos de qualidade, alguns provenientes de Itália, como a massa, fresca ou seca, que vem de Apúlia, tal como uma seleção de enchidos e queijos – Pecorino, Parmiggiano, Mozzarella 100% de leite de búfala ou la Spianata – utilizados em várias receitas de pizzas, massas ou saladas típicas.  A ideia é proporcionar uma verdadeira experiência italiana, com as diversas pizzas, massas, carne, saladas e sobremesas que fazem parte do menu.

 

Tal como num verdadeiro restaurante de cozinha italiana, no Ginos destaca-se o característico forno que está à vista, onde o pizzaiolo prepara os pães, as focaccias e as pizzas. Já agora, o tiramisu, dizem, querem que seja o melhor de Lisboa. Veja o vídeo de lançamento em baixo.

 

 

Mas além de proporcionarem cozinha italiana artesanal, o Ginos oferece também uma carta contemporânea, que segue as tendências gastronómicas da atualidade. Apresenta várias opções vegetarianas, massa na versão integral e será ainda o terceiro restaurante de Lisboa a ter um menu completo sem glúten, indicado para celíacos, e certificado pela Associação Portuguesa de Celíacos. Este menu segue um protocolo específico na cozinha, sendo tudo servido em loiça azul, para não haver qualquer tipo de contaminação. Para além dos pratos principais do menu, a contemporaneidade nota-se também na possibilidade de personalização. O cliente é convidado a fazer o seu próprio prato a gosto.

 

Para esta abertura em Portugal, o Ginos conta com uma equipa de colaboradores 100% portuguesa, tendo como responsável de operações Luís Rocha e Mello. «O Ginos conta com uma proposta de valor única que acreditamos que será muito valorizada em Portugal. Estamos confiantes com a sua oferta ítalo-mediterrânea de qualidade, com pratos abundantes e cozinhados no momento, a um preço acessível e num ambiente moderno e cosmopolita, com a cidade de Lisboa, estamos certos que será um sucesso», comenta Luís Rocha e Mello, COO do Grupo Vips Portugal.

 

VEJA TAMBÉM: PURO, O NOVO RESTAURANTE EM LISBOA QUE É AMIGO DA SAÚDE E DO AMBIENTE

 

Trata-se, na verdade, de um passo estratégico para o Grupo Vips que aposta claramente na sua expansão em território nacional, tendo como objetivo abrir entre 25 a 30 restaurantes Ginos nos próximos cinco anos, nas principais cidades portuguesas. Em 2019, deverão abrir pelo menos mais três em Lisboa e eventualmente no Porto. Como resposta a este plano, o Grupo pretende, de forma gradual, trazer para o mercado português as restantes marcas que operam em Espanha (VIPS, VIPS Smart, wagamama e Fridays), prevendo abrir o primeiro restaurante VIPS em Lisboa no início do próximo ano.

 

Com uma dimensão de 380m2 e capacidade para 250 pessoas, no novo spot italiano da capital os clientes podem usufruir daquilo que é uma verdadeira experiência Ginos. Trata-se de um espaço com um design e decoração de estilo rústico-industrial que convida a desfrutar da cozinha ítalo-mediterrânica num cenário moderno, descontraído e com muita personalidade, inspirado no espírito cosmopolita das cidades mais vanguardistas como Londres, Nova Iorque, ou Milão.

 

A equipa é formada por 23 pessoas que abrem as portas para oferecer uma autêntica cozinha italiana contemporânea. Interessado? Veja algumas fotos no início do artigo e saiba mais em www.ginos.pt

 

Artigo anterior

Saiba como tratar olhos secos sazonais

Próximo artigo

Ayurveda e o feminino: o ritmo dos ciclos menstruais