Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Garrafas de plástico podem ser reutilizadas tal com as de vidro

Garrafas de plástico podem ser reutilizadas tal com as de vidro

A Associação de Defesa do Consumidor vem desmistificar a ideia de que reutilizar garrafas de plástico é mais perigoso para a saúde.

Pinterest Google+

Na altura do ano em que mais se consome água, a Associação de Defesa do Consumidor (DECO) vem desmistificar a ideia de que reutilizar garrafas de água de plástico faz mal à saúde. «Usar a mesma garrafa de plástico várias vezes não é mais arriscado do que usar garrafas de vidro. Lave-a com regularidade, para evitar a acumulação de bactérias», revela a DECO.

 

A dúvida da população prende-se com o facto de poder existir migração de componentes químicos das garrafas de plástico para os líquidos ingeridos, nomeadamente o bisfenol A (BPA), prejudiciais à saúde.

 

«O bisfenol A não está presente em garrafas plásticas PET (polietileno tereftalato), normalmente usadas para água engarrafada. Algumas substâncias químicas podem migrar para os líquidos, mas só quando são ácidos, consideravelmente gordurosos ou doces, o que não acontece com a água», explica a DECO.

 

Veja também: Os benefícios de beber água alcalina

 

A questão da reutilização das garrafas de água de plástico prende-se unicamente com a sua higienização. Ou seja, estas podem acumular as bactérias que deixamos no gargalo ao bebermos. Mas o mesmo acontece com as garrafas de vidro, os termos e os copos. «Não há mais riscos com as garrafas de plástico do que com qualquer outro material. O importante é lavá-las com alguma frequência, tal como fazemos com os copos ou as canecas.

 

Ainda assim, apesar de não se conhecerem perigos relacionados com as garrafas plásticas, as de vidro são mais fáceis de limpar (mesmo a altas temperaturas) e garantem maior higiene, adverte, por fim, a Associação de Defesa do Consumidor.

 

Artigo anterior

Maior diamante do mundo grande de mais para se vender

Próximo artigo

Moscatel de Setúbal eleito o melhor do mundo