Home»GLAMOUR»BELEZA»Frieiras e pele seca: os cuidados a ter com a pele no inverno

Frieiras e pele seca: os cuidados a ter com a pele no inverno

Para se proteger do frio, vestir roupa quente é essencial, mas não é a única medida. Deve também garantir a hidratação da sua pele e protegê-la das agressões, para evitar as consequências do frio na pele.

Pinterest Google+

Quando está frio os nossos vasos sanguíneos contraem-se. É a chamada vasoconstrição. Neste processo, o aporte de nutrientes e oxigénio por via sanguínea diminui, assim como a produção de sebo cutâneo. Junta-se a isto a desidratação da pele motivada pelo vento e pela baixa humidade, assim como pelos banhos muito prolongados com recurso a água muito quente.

 

E suma, várias alterações acontecem no inverno e temos de adaptar os cuidados com a sua pele, para que não surja secura cutânea (xerose), irritações e frieiras.

 

Hidratar a pele é obrigatório

Aplicar um creme hidratante no rosto e no corpo, de manhã e à noite, é uma medida fundamental para prevenir e combater a secura cutânea característica dos meses de inverno, alertam as clínicas Cuf. Além disso, o hidratante protege a pele das agressões infligidas pela radiação ultravioleta. Defende-a também dos radicais livres e, até, do envelhecimento ditado pelo avançar da idade – prevenindo e retardando o aparecimento de rugas.

 

Ao adquirir um produto hidratante tenha sempre em conta que as fórmulas devem ser específicas, isto é, adequadas ao tipo de pele (normal, mista, seca, oleosa, sensível, entre outros) e à zona em causa. Deve ter também especial cuidado com a pele do contorno ocular, pois esta é muito fina e sensível. Deve por isso ser hidratada de manhã e à noite com um produto específico.

 

VEJA TAMBÉM: CREME CORPORAL FLORAL: RECEITA PARA FAZER EM CASA

 

Já as mãos, por estarem muito expostas, também devem ser hidratadas diariamente, de preferência com uma fórmula que seja resistente à água. Por fim, os lábios nunca devem ser esquecidos: aplique regularmente um batom hidratante para prevenir o cieiro. Em caso de frieiras, estas devem ser tratadas com fármacos vasodilatadores prescritos pelo dermatologista, alertam as clínicas Cuf.

 

Escudos contra o frio

Deve naturalmente agasalhar-se com roupa quente, luvas e cachecol, para proteger as zonas mais expostas ao frio. Deve também, de manhã e à noite, limpar, tonificar e hidratar a pele do rosto, utilizando produtos específicos, não esquecendo de aplicar proteção solar se andar muito exposto ao sol.

 

Aplique também um hidratante corporal após tomar duche e, se necessário, antes de se deitar. Beba também entre 1,5L a 2L de água por dia. Se a sua pele apresentar vermelhidão, descamação, irritações ou frieiras, não deixe de consultar um médico dermatologista

 

 

Artigo anterior

Comprar ou arrendar casa? As vantagens e desvantagens de cada opção

Próximo artigo

Frango assado com laranja e alecrim