Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Fotógrafo da jovem Sharbat Gula promete ajudá-la a libertar-se da prisão

Fotógrafo da jovem Sharbat Gula promete ajudá-la a libertar-se da prisão

Durante 17 anos, depois de ter sido tirada a icónica fotografia, ninguém soube o nome da menina que entretanto se tornou numa mulher. Agora, encontra-se presa no Paquistão.

Pinterest Google+

O fotógrafo Steve McCurry que captou o retrato de Sharbat Gula exibida em 1985 na capa da ‘National Geographic’ promete ajudar a libertá-la da prisão paquistanesa.

 

«Estou comprometido a fazer todos os possíveis para facilitar o apoio jurídico e económico a ela e à sua família», escreveu o fotógrafo na sua conta de Instagram como legenda à foto icónica de Sharbat Gula. «Ela sofreu toda a vida e a sua prisão é uma enorme violação dos direitos humanos».

 

Veja também: Noor Tagouri é a primeira muçulmana a aparecer na capa da Playboy

 

A prisão de Sharbat Gula foi conhecida na semana passada. Refugiada afegã, 46 anos, Sharbat não tem nacionalidade paquistanesa e enfrenta acusações de obtenção de documentos de identidade ilícitos e de dois supostos subornos a três funcionários. No caso de confirmação dos crimes cometidos, a pena de prisão pode incorrer até aos sete anos.

 

Gula foi retratada por McCurry num campo de refugiados na cidade de Peshawar, Paquistão, em 1985. O seu rosto envolto num lenço vermelho e os seus olhos verdes marcantes tornaram a sua imagem um ícone da fotografia contemporânea. McCurry voltou a fotografar Gula 17 anos depois, no Afeganistão, e descobriu que a mulher, na altura com 30 anos, não tinha conhecimento da sua fama internacional.

 

 

 

 

 

Artigo anterior

Emojis em exposição no 'MoMa'

Próximo artigo

Não há diferenças entre crianças adotadas por casais homossexuais ou heterossexuais