Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Fórum Europeu de Saúde e Epigenética 2020 realizado em formato online

Fórum Europeu de Saúde e Epigenética 2020 realizado em formato online

Inicialmente previsto para o CCB, a primeira edição do encontro que olha para a saúde de forma integrada decorre com várias apresentações realizadas entre 18 e 30 de abril. Francisco George, presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, e Sara Cerdas, eurodeputada e presidente do Grupo de Trabalho de Saúde Pública, são alguns dos oradores convidados.

Pinterest Google+
PUB

Entre 18 e 30 de abril, vários profissionais da área da saúde e bem-estar vão reunir-se online no primeiro Fórum Europeu de Saúde e Epigenética, inicialmente previsto para decorrer no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

 

O Fórum foi adaptado para formato online, com comunicações nos dias 18, 21, 24, 28 e 30 de abril, que serão transmitidas, no período entre as 11h e as 13h, em acesso livre nesta página.

 

VEJA TAMBÉM: EPIGENÉTICA: ALIMENTE A SUA SAÚDE

 

Organizado pela Associação Europeia de Saúde Educativa e Preventiva em Epigenética (AESEP), o Fórum olha para a saúde de uma forma integrada. «A alimentação e todas as formas preventivas de proteção ao equilíbrio do ser humano podem ser o medicamento mais poderoso para reduzir o risco de doenças. Podemos através de novos comportamentos modificar a expressão dos nossos genes (fenótipo) e evoluirmos num   caminho de   sabedoria e de paz entre nós e o meio onde vivemos. Esta é a proposta de uma prática sustentável de atuação em saúde, tendo em consideração o estudo através dos fatores epigenéticos na observação da saúde dos povos», comenta Paula Mouta, presidente da AESEP.

 

A atual pandemia da Covid-19 e o Dia   Europeu   dos   Direitos   dos   Doentes, assinalado a 18 de abril, serão temas incontornáveis no programa. “Os Direitos dos Doentes em situação de crise pandémica”, apresentado por Francisco George, e “A Perspetiva Europeia dos Direitos dos Doentes”, apresentado por Sara Cerdas são algumas dos temas em debate que abordarão estas questões de atualidade mundial.

 

Artigo anterior

Trabalhadores independentes: simulador permite calcular apoios extraordinários

Próximo artigo

Glúteos definidos sem cirurgia