Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»Foie gras proibido em São Paulo

Foie gras proibido em São Paulo

A produção e venda de foie gras, uma iguaria da cozinha francesa, foi proibida na cidade brasileira depois de anos de luta de associações que defendem os direitos dos animais

Pinterest Google+

A cidade brasileira de São Paulo proibiu oficialmente a produção e venda de foie gras em restaurantes, numa lei aprovada na passada sexta-feira.

O termo “foie gras”, que significa fígado gordo, descreve uma iguaria da cozinha francesa que se obtém a partir do fígado gordo de patos ou gansos que são sobrealimentados. Isto provoca sofrimento aos animais, que são forçados a comer para engordarem rapidamente.

Como tal, várias associações de luta pelos direitos dos animais em todo o mundo têm pedido aos governos a proibição da produção de foie gras que, além do mais, “é considerado um aperitivo de luxo e não traz benefícios para a saúde humana”, como explicou Laercio Benko, da câmara de São Paulo, em declarações à Associated Press.

Vários chefes de restaurantes de renome da cidade brasileira já se insurgiram contra a proibição, alegando que o governo não tem o direito de dizer aos cidadãos o que estes podem comer.

Ainda assim, a lei entra em efeito daqui a 45 dias e os restaurantes que não a cumpram serão multados em cerca de 1500 euros.

O Brasil segue a tendência de outros países, como Inglaterra, Alemanha, Itália ou Argentina, onde a produção de foie gras já foi proibida, apesar da venda de paté ainda ser permitida na maior parte deles. Outros países, como a Índia, proibiram a importação da iguaria.

Por Joana de Sousa Costa

Artigo anterior

Encha a sua casa de flores

Próximo artigo

Designer surpreende com vestidos feitos com unhas falsas