Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Festival Mental discute saúde mental dos portugueses em várias plataformas

Festival Mental discute saúde mental dos portugueses em várias plataformas

Quatro em cada cinco portugueses sofreram, sofrem ou vão sofrer de um episódio de saúde mental. O tema é trazido à praça pública através de discussão com especialistas e também com recurso ao cinema, às artes e à informação. Arranca hoje.

Pinterest Google+

O Festival Mental volta a realizar-se em 2020, de 30 de setembro a 9 de outubro, para discutir a saúde mental dos portugueses com especialistas e trazendo o tema à discussão popular através de diferentes plataformas, como o cinema, as artes e a informação.

 

Trata-se de um festival português, na sua 4ªa edição, que visa a discussão pública para diminuir o estigma de um tema cada vez mais falado e que se está a instalar em Portugal: os problemas de saúde mental que estão a pôr em risco 80% dos portugueses. O festival inclui uma série de eventos integrados de várias áreas culturais como cinema, música, dança, teatro, artes plásticas, literatura e conversas temáticas (M-Talks).

 

A programação de 2020 inclui uma série de eventos integrados de várias áreas culturais e sociais como cinema, música, dança, teatro, literatura, debate e conversas temáticas. Aliando-se a esta programação acontece também o Mental Júnior, porque falar da saúde mental é também para os mais pequenos.

 

VEJA TAMBÉM: A FELICIDADE É EFÉMERA? ESTUDO DIZ QUE É POSSÍVEL PROLONGAR ESTE ESTADO

 

O Festival Mental tem já um largo historial de várias edições em que o principal objetivo sempre foi o de promover a visibilidade da saúde mental junto do público em geral. Em 2020 esta necessidade torna-se ainda mais urgente de garantir, tal como a acessibilidade à cultura. Sobre isto, Ana Pinto Coelho – organizadora do Mental -, diz que “a quarta edição [do Mental] é também a nossa estreia no Cinema S. Jorge. Sala emblemática dos Festivais de Cinema, deixa-nos no culminar de um caminho que já vinha do ano passado na procura de chegar ao público em geral com o nosso M-Cinema, M-Talks e filme temático em sala de cinema. “.

 

O Festival Mental 2020 arranca com um dos temas mais marcantes deste ano com o debate “Pandemia: do real ao digital”. Este debate acontece no dia 30 de setembro e conta com um painel de convidados impactantes na área da comunicação e jornalismo. É um evento de sala aberta e que convida às questões do público presente.

 

As M-Talks – painéis temáticos sobre um assunto relacionado com a saúde mental e que são sempre acompanhados com a projeção de uma longa-metragem – voltam a ser das ações com maior destaque na programação do Festival Mental.

 

VEJA TAMBÉM: PSICÓLOGOS DEFINEM NÚCLEO ESCURO DA PERSONALIDADE: SE TEM UM ASPETO NEGATIVO É PROVÁVEL QUE TENHA OUTROS

 

Em 2020 os temas para as M-Talks são a Ansiedade (e ecoansiedade), a Toxicodependência e o Stress Pós-Traumático (uma infeliz urgência num ano de pandemia e totalmente atípico). De resto, as M-Talks foram também uma resposta do Festival Mental logo em março, com o projecto digital autónomo M-Talks 4 All com conversas diárias (dias úteis) sobre saúde mental durante os períodos de confinamento e desconfinamento.

 

Volta também o M-Cinema: Mostra Internacional de Curtas Metragens, um conjunto de 19 filmes selecionados através da Open Call 2020 e que, mesmo originários dos quatros cantos do mundo (filmes dos EUA a Portugal, Argélia, Japão e Austrália), comungam entre si por abordarem uma temática sempre relacionada com a saúde mental.

 

A programação Festival Mental 2020  pode ser consultada aqui.

 

 

 

Artigo anterior

Procrastinar: algumas considerações e dicas

Próximo artigo

Outono cool: Ideias para conjugar jeans