Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Feira do Mar: os múltiplos proveitos que retiramos do mar apresentados em Sines

Feira do Mar: os múltiplos proveitos que retiramos do mar apresentados em Sines

Alimentos, diversão, ciência, transporte, conhecimento… são muitos os proveitos que retiramos do mar e que são apresentados entre 15 e 17 de junho nesta cidade costeira alentejana. Dedicada a vários públicos, tem desde batismos de mergulho e showcookings a debates sobre a economia do mar.

Pinterest Google+

Chama-se Feira do Mar e está de volta a Sines nos dias 15, 16 e 17 de junho, para apresentar as várias atividades que circulam à volta do mar, desde a profissional ao lazer.

 

Dedicada a vários públicos, tem um espaço de exposição e demonstração na Avenida Vasco da Gama com vários expositores no âmbito da economia do mar numa área coberta, onde acontecerão diversas atividades ligadas à tecnologia, à ciência e conhecimento, à gastronomia e à animação turística.

 

A iniciativa, realizada em conjunto pelo Sines Tecnopolo e pela Câmara Municipal de Sines, tem como objetivo divulgar os aspetos mais relevantes da chamada economia do mar, nesta que é a sua terceira edição.

 

VEJA TAMBÉM: O QUE OS OCEANOS REPRESENTAM PARA A VIDA NA TERRA

 

Nestes dias, não vão faltar bons motivos para ir até Sines. Terá a oportunidade de visitar o farol ou a lota de Sines, de fazer um batismo de paddle ou mergulho, de praticar zumba ou yoga na praia, de observar animais, algas e esculturas à beira-mar, etc.. Destaque ainda para os produtos gastronómicos regionais expostos na Feira do Mar, alguns dos quais apresentados em momentos de showcooking.

 

Numa vertente mais académica, há a referir a realização, no dia 15 de junho, de uma conferência com o tema “Inovar e Criar para Empreender na Economia do Mar”, onde serão abordados temas fundamentais do setor por um grupo de oradores experientes na área e será lançado o concurso do projeto Platicemar. Para saber mais, visite www.feiradomar.org

 

Artigo anterior

Alimentos praticamente sem calorias

Próximo artigo

Os perigos que se escondem nas águas cristalinas