Home»FOTOS»FATACIl: dez dias de artesanato, turismo, agricultura e… música

FATACIl: dez dias de artesanato, turismo, agricultura e… música

A promoção de produtos tradicionais e de artes quase extintas fazem desta uma feira muito apetecível, que recebe anualmente cerca de 180 mil visitantes. Para além da diversidade de artesanato, comida, música e diversão, o cartaz é também um chamariz para a maior feira a sul do Tejo. Xutos & Pontapés, Calema, Quim Barreiros e Mariza são alguns dos artistas convidados. Arranca hoje.

Pinterest Google+

Decorre de 16 a 25 de agosto aquele que é considerado o maior evento a sul do tejo, a FATACIL – Feira de Artesanato, Turismo, Agricultura, Comércio e Indústria, em Lagoa, no Algarve. Durante dez dias, passam pelos 700 expositores do certame mais de 180 mil pessoas, sendo este ano a sua 40ª edição. Veja imagens da edição anterior na galeria acima.

 

Produtos, marcas, propostas e sugestões, vão estar no recinto, onde já é tradição o Algarve marcar um encontro especial com o verão. A grande festa-feira do sul do país decorre na segunda quinzena de agosto, no Parque Municipal de Feiras e Exposições da cidade de Lagoa. A organização é da responsabilidade do município, que estabelece para este efeito, parcerias com as mais reconhecidas instituições da região.

 

VEJA TAMBÉM: DE NORTE A SUL E ILHAS: TERRAÇOS PARA APROVEITAR AS NOITES DE VERÃO

 

Espalhados por todo o recinto, cerca de 700 expositores divulgam produtos suscetíveis de satisfazer um vasto espectro de interesses. Os apreciadores de artesanato português, e algarvio em particular, têm aqui uma mostra bastante variada. Desde artigos de tecelagem aos cobres e ferro forjado, passando pelas rendas, objetos em madeira, olaria e cerâmica, peças em cortiça, vime e cestaria, ou as tipicamente algarvias bonecas de Martim Longo e Querença.

 

Da mesma forma, quem pretende levar para casa exemplos da tradicional gastronomia algarvia descobre na FATACIL os genuínos enchidos (morcelas e farinheiras) e presuntos; doces regionais à base de figo, amêndoa e farinheira; frutos secos; aguardente de medronho e licor de figos ou saborosos queijos de ovelha.

 

É também possível encontrar artesanato proveniente dos cinco continentes, assim como as mais recentes novidades dos sectores comercial, industrial e agropecuário. E é a oportunidade ideal para conhecer o que têm para oferecer e como funcionam entidades tão distintas como autarquias, escolas, instituições de solidariedade social, organismos da administração central e regional, coletividades e regiões de turismo. Nesta feira de artesanato, também se pode desfrutar de boa música enquanto se aprecia a variedade de pratos típicos nos vários restaurantes situados no recinto musical.

 

VEJA TAMBÉM: GOSTA DE VIAGENS GASTRONÓMICAS? SEIS DESTINOS DELICIOSOS A NÃO PERDER

 

A FATACIL comemora a sua 40ª edição no mesmo ano em que a Universidade do Algarve e a banda de rock português convidada para abrir a primeira noite, os “Xutos e Pontapés”, comemoram o seu 40º aniversário. Associando a maturidade da 40ª edição, ao espírito jovem que renova em 2019, a FATACIL promete uma edição recheada do que de melhor o Algarve oferece.

 

O cartaz de concertos integra um leque de propostas que combinam a diversidade de gostos musicais. Recebe logo na primeira noite os icónicos “Xutos e Pontapés”. Os “Calema” chegam na noite de sábado, 17. No domingo, 18, é o dia de “Zebra Sépia”- finalistas do concurso de Musica já- e dos “Wet Bed Gang”. João Pedro Pais sobe ao palco na noite de segunda, e Matias Damásio na terça, 20.

 

VEJA TAMBÉM: VAI PARA O ALGARVE? VEJA O QUE A REGIÃO LHE RESERVA EM AGOSTO

 

A meio da semana, Quim Barreiros promete animação. “Blaya” vai soar na quinta 22. As três ultimas noites acolhem outros nomes maiores da música portuguesa: Jorge Palma a 23, Mariza a 24, e Richie Campbell a encerrar a 25 de agosto.

 

A criação de uma tenda tecnológica dedicada aos jovens, com diversos videojogos e simuladores, contando também com a presença de youtubers, streamers e top players, assim como a oferta de entrada gratuita para todas as crianças até aos 12 anos, são outras notas de uma FATACIL que na 40ª edição, continua em rejuvenescimento. De recordar que a FATACIL foi este ano distinguida com o prémio “Cinco Estrelas Regiões 2019”.

 

A Feira de Artesanato, Turismo, Agricultura, Comércio e Indústria de Lagoa realiza-se anualmente durante 10 dias no mês de agosto, no Parque de Feiras e Exposições de Lagoa, desde 1980. Desde então, tem vindo a receber milhares de visitantes vindos de todos os pontos do país, não só motivados pela sua vertente da promoção das artes tradicionais já quase extintas, mas também pelos concertos que apresenta todos os dias.

 

Artigo anterior

Os melhores vinhos para o verão: harmonizações e temperaturas

Próximo artigo

Verde: uma força da natureza