Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Fantasias sexuais femininas evoluem com a idade

Fantasias sexuais femininas evoluem com a idade

Estudo revela que as fantasias se tonam mais elaboradas e sofisticadas quanto mais experiência e idade têm as mulheres.

Pinterest Google+
PUB

Sexo com desconhecidos, trios e envolvimento com personagens famosos são algumas das principais fantasias das mulheres entre os 30 e os 40 anos, revela um estudo da Dolce Love, um franchising internacional de estabelecimentos eróticos.

 

Já o imaginário das mulheres entre os 40 e 50 anos inclui sexo em sítios invulgares, cenários sexuais de outras épocas históricas e fantasias com homens mais novos. Ponto comum em ambos os grupos são a dominação, submissão, relações lésbicas e orgias.

 

Quanto mais experiência e idade têm as mulheres, mais elaboradas e sofisticadas são as suas fantasias. Esta é uma das conclusões do estudo sobre fantasias e tendências sexuais femininas por idades, necessidades e situações, realizado pela Dolce Love em colaboração com Valérie Tasso, reconhecida sexóloga, investigadora e escritora francesa.

 

Veja a galeria: Alimentos afrodisíacos

 

«Uma mulher com experiência tem menos medo de si mesma que uma mulher mais jovem que ainda não acumulou bagagem sexual suficiente ou ainda está a experimentar e não sabe muito bem do que gosta ou não gosta», explica Valérie Tasso.

 

De acordo com o estudo, não existem grandes diferenças entre as mulheres com 30/40 anos e as com 40/50 anos. As diferenças são geralmente mais notáveis entre as idades 20/30 e 50/60 anos.

 

As mulheres com 20/30 anos têm fantasias muito “genitalizadas” e influenciadas por tudo o que observam ou lêem – por exemplo, cinema, revistas, etc. -, enquanto as fantasias de uma mulher de 50/60 anos se podem apoiar em experiências anteriores “para montar o filme”, explica Valérie Tasso.

Artigo anterior

Acne: tire todas as dúvidas

Próximo artigo

O Papa vai ter conta no Instagram