Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Experiência gastronómica surpresa dá a conhecer o melhor da Madeira

Experiência gastronómica surpresa dá a conhecer o melhor da Madeira

A sexta edição do Amar Beber Comer não é um adeus, mas um “até para o ano”. Depois do sucesso confirmado em quatro edições na ilha da Madeira e uma em Porto Santo, o ABC encerra a época com um último evento, a decorrer no sábado, 2 de outubro.

Pinterest Google+
PUB

O segredo é a alma do ABC. E sobre a próxima experiência do ciclo gastronómico ‘ABC – Amar, Beber e Comer’ apenas se sabe que vai decorrer no sábado, 2 de outubro, algures no Funchal. É a sexta e última edição deste evento que propõe uma imersão na gastronomia e cultura madeirenses, num evento surpresa, e para o qual começam a ser reveladas pistas 72h antes.

 

A quinta edição não foi exceção. Quase em cima do acontecimento, os participantes souberam que o cenário seria a de Câmara de Lobos, uma das vilas piscatórias mais genuínas de toda a ilha.

 

Conhecida pelo seu recorte único junto ao mar – registado em quadro por sir Winston Churchill, que se apaixonou pelo local – e pelas ponchas feitas a preceito, Câmara de Lobos é visita obrigatória de quem visita a Madeira.

 

VEJA TAMBÉM: MADEIRA: UMA VIAGEM PELA PÉROLA DO ATLÂNTICO

 

Experiência surpresa

Em plena baía, montaram-se mesas e acendeu-se o lume. E foi com um welcome snack de massa patachou com creme de gaiado que a equipa ABC – desta vez com o chef Filipe Janeiro à frente do lume – recebeu os seus convidados.

 

Abriram-se as primeiras garrafas de vinho João Portugal Ramos, que fizeram companhia aos comensais durante todo o repasto, e ouviram-se os primeiros acordes da banda madeirense Triloco.

 

Seguiram-se várias entradas com o tempero da brisa marítima: corações de frango estufados em vinho Madeira, escabeche de gaiado com creme de cenoura, salada de feijão frade e pota e pão de fermentação lenta.

 

Até que surgiu a protagonista da noite: uma tradicional caldeirada de peixe (com pargo, congro, espada e peixe-cão), que foi também uma espécie de homenagem a todos os pescadores da região. Para terminar, uma sobremesa à altura: tarte de requeijão com doce de abóbora e nozes do chef pasteleiro Ruben Magno.

 

O projeto ABC conta com o apoio e colaboração da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, Associação de Promoção da Madeira, João Portugal Ramos e Vista Alegre.

 

Artigo anterior

Sopa de tomate: a sopa do coração

Próximo artigo

Queda de cabelo: o que as plantas podem fazer por si