Home»BEM-ESTAR»CORPO»Evite o sedentarismo. Mexa-se com energia positiva

Evite o sedentarismo. Mexa-se com energia positiva

O exercício físico constitui um ponto fundamental num plano de saúde e tal não é exceção num plano de enfermagem integrativa. Percebemos que o nosso corpo físico está programado para o movimento.

Pinterest Google+

Em crianças começamos por gatinhar, depois a andar com apoio e depois a andar. Tudo tem um tempo certo. Mais tarde não conseguimos ficar quietos muito tempo, saltamos e pulamos a todo o instante, e torna-se difícil restringir o movimento dos mais jovens.

 

Grande parte da informação cerebral advém da postura e posição, a nossa destreza e equilíbrio funcionam em sintonia com essa informação. O equilíbrio entre cérebro e corpo correlaciona-se com a nossa tridimensionalidade e capacidade de nos adaptarmos ao ambiente envolvente pelo movimento.

 

Com o tempo restringimo-nos cada vez mais ao comodismo e sedentarismo e as consequências fazem-se sentir nos diferentes sistemas e corpos.  Inúmeros estudos comprovam os benefícios de uma atividade física regular: melhora o sistema circulatório, cardiorrespiratório, muscular e esquelético, reduz os níveis de colesterol, reduz peso, reduz a probabilidade de doenças degenerativas e osteoporose, aumenta a força muscular e a resistência.

 

VEJA TAMBÉM: TECNOLOGIA QUE SE USA, TREINO EM GRUPO E HIIT: AS TENDÊNCIAS DE FITNESS PARA 2019

 

A atividade física aumenta o bem-estar, e em grande parte esta realidade deve-se ao facto de acontecer um aumento da libertação de endorfinas, pequenas moléculas segregadas pelo cérebro parecidas com derivados de opio, tal como a morfina.

 

O cérebro emocional/límbico contém múltiplos recetores de endorfinas e quanto mais o cérebro é estimulado para esta produção mais se torna sensível à ação da mesma. O aminoácido L-triptofano, precursor da serotonina, é considerado pequeno em relação a outros aminoácidos e compete na entrada para o cérebro, no entanto, o exercício faz com que os aminoácidos maiores sejam utilizados e este depois fica disponível para atravessar as membranas celulares do cérebro.

 

Assim, as pessoas que praticam com regularidade exercício físico adquirem a qualidade de percecionar mais prazer nas pequenas coisas da vida, e também são pessoas mais dinâmicas e energéticas. Mas se por um lado dá energia também auxilia na qualidade do sono e na atividade do sono, pelo aumento da produção de melatonina.

 

VEJA TAMBÉM: QUER SER MAIS FELIZ? A CIÊNCIA AFIRMA QUE A FÓRMULA ESTÁ NO EXERCÍCIO FÍSICO

 

O exercício deve ser diário ou no mínimo três vezes por semana pelo menos trinta minutos. Escolher qual a modalidade a praticar pode ser difícil, devemos sobretudo apostar naquela que nos dá mais prazer. Se não sabemos o que praticar o truque é experimentar várias, tais como: nadar, caminhar, bicicleta, ginásio, dança, yoga, etc.

 

No início pode ser difícil alterar rotinas, mas conforme este comportamento prazeroso se torna frequente forma-se um hábito e depois já não vai conseguir passar um dia sem se mexer!

 

Fique bem, fique com mais saúde e energia positiva!

Artigo anterior

O dia está péssimo? Receitas caseiras contra a enxaqueca

Próximo artigo

Previsões astrológicas para o mês de fevereiro de 2019