Home»VIDA»SOCIEDADE»Europa é o melhor continente para homossexuais

Europa é o melhor continente para homossexuais

Inquérito em 123 países identifica a Europa como o continente mais tolerante com a comunidade gay e África como o pior

Pinterest Google+
PUB

Um estudo realizado com 100 mil pessoas de 123 países concluiu que a Europa é o continente mais tolerante com a comunidade gay, sendo África o pior, avança a agência Reuters.

O estudo Gallup descobriu que apenas 1 a 2 por cento dos residentes no Senegal, Uganda, Mali e Etiópia vêem os seus países como ”gay friendly”, ou seja, como países que não discriminam as pessoas pelas suas opções sexuais. O único país do continente africano onde o tema não é tabu é a África do Sul, onde o casamento homossexual é legal. Metade dos seus residentes disse que o seu país não discrimina a comunidade gay.

«Por mais que África continue a lutar pelos direitos humanos para todos os residentes, poucos locais acreditam que os seus países são bons para os homossexuais. O sentimento anti-gay é visível», referiu a organização que elaborou o estudo.

Por outro lado, na Europa, 83 por cento da população na Holanda disseram que o seu país é um local que acolhe bem os homossexuais, e o mesmo disseram 82 por cento dos islandeses, 79 por cento dos espanhóis, 77 por cento dos ingleses e 75 por cento dos irlandeses.

Do outro lado do Atlântico, a Gallup identificou que 80 por cento dos canadianos também consideram o seu país ”gay friendly”, e nos Estados Unidos a percentagem foi de 70 por cento.

Os países africanos têm sido constantemente apontados como violadores dos direitos humanos, incluindo da comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros ).

Artigo anterior

O que é o movimento hipster?

Próximo artigo

Açores quer tornar-se num destino para os amantes de 'canyoning'