Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Etiqueta para uso de smartphones divide utilizadores

Etiqueta para uso de smartphones divide utilizadores

A conetividade a todo o tempo e em todo o lado está a colocar questões de etiqueta na utilização de dispositivos móveis. Um estudo analisou quando se deve ou não usar o telemóvel na presença física de outros e chegou a conclusões díspares.

Pinterest Google+
PUB

Os telemóveis e smartphones já fazem parte da vida da maioria das pessoas. Vieram, porém, colocar novos desafios na forma como os utilizadores e não utilizadores convivem socialmente, existindo ainda um vazio em termos de regras e etiqueta.

 

Um estudo do Pew Research Center analisou a forma como os utilizadores estão a lidar com esta nova realidade e encontrou opiniões diversas. Realizado nos Estados Unidos, verificou primeiro que 92 por cento dos americanos têm um dispositivo móvel e que, na esmagadora maioria do tempo, estão sempre ligados. Depois, verificou que têm opiniões diversas no que respeita ao bom uso do telemóvel em convívio social. Por exemplo, 77% dos adultos consideram normal usar o telemóvel quando se vai a andar na rua. Já apenas 38% consideram não haver problema usar o telemóvel num restaurante. E só 5% não vê problemas em concentrar-se no seu telemóvel durante uma reunião.

 

Veja a galeria: Dicas para conseguir afastar-se do seu smartphone

 

«Os dispositivos móveis desempenham um papel complexo nas interações da sociedade moderna. Muitas pessoas consideram-nos prejudiciais e elementos de distração nas dinâmicas de grupo, mas não lhes conseguem resistir», revela o Pew Research Center em comunicado.

 

Quando questionados sobre a forma como os telemóveis influenciam as interações sociais, 82% dizem que prejudicam a conversação. Já 33% dizem que recorrer ao telemóvel nestas circunstâncias até ajuda frequentemente a melhorar a atmosfera do grupo.

Artigo anterior

Prince ficou acordado seis dias antes de morrer

Próximo artigo

Casa Alexander McQueen processada pelo vestido de casamento real