Home»FOTOS»Estudo mostra que magnésio otimiza níveis de vitamina D

Estudo mostra que magnésio otimiza níveis de vitamina D

É reconhecido o papel fundamental da vitamina D para a saúde. Mas um estudo realizado nos EUA revela que suplementar vitamina D com uma dieta baixa em magnésio acaba por não surtir efeito, já que a deficiência de magnésio desliga a síntese da vitamina D.

Pinterest Google+

Um estudo realizado por pesquisadores do Centro Médico da Universidade de Vanderbilt, EUA, indica que o magnésio otimiza o estado da vitamina D no corpo, elevando-o em pessoas com níveis deficientes e reduzindo-o em pessoas com níveis elevados.

 

O estudo, relatado no ‘Jornal Americano de Nutrição Clínica’, é importante por causa de resultados controversos de pesquisas que existem sobre a associação de níveis de vitamina D com cancro colorretal e outras doenças, incluindo um relatório recente que deu confirmação a um estudo prévio observacional, de 2013, que ligou baixos níveis de magnésio com baixos níveis de vitamina D.

 

VEJA TAMBÉM: NOVA TEORIA AFIRMA QUE DÉFICE DE VITAMINA D PODE SER TÃO NOCIVO QUANTO FUMAR

 

O estudo também revelou algo novo – que o magnésio teve um efeito regulador em pessoas com altos níveis de vitamina D. A pesquisa fornece a primeira evidência de que o magnésio pode desempenhar um papel importante na otimização dos níveis de vitamina D e na prevenção de condições relacionadas aos níveis de vitamina D. Qi Dai, principal autor do estudo, descreveu o nível ideal como estando na faixa intermediária, porque a vitamina D nesse nível tem sido associada ao menor risco de doença cardiovascular em estudos observacionais anteriores.

 

Os pesquisadores interessam-se sobre o papel do magnésio, porque as pessoas sintetizam a vitamina D de forma diferente, quando verificado que há indivíduos que não aumentam os níveis desta vitamina mesmo que suplementados. «A deficiência de magnésio desliga a síntese da vitamina D», refere Dai.

 

O estudo envolveu 250 pessoas consideradas em risco de desenvolver cancro colorretal por causa de fatores de risco ou por terem removido um pólipo pré-cancerígeno. Doses de magnésio e placebo foram personalizadas com base na ingestão dietética inicial.

 

VEJA TAMBÉM: SAIBA QUE QUANTIDADE DE VITAMINA D PRECISA POR DIA

 

«A insuficiência de vitamina D é algo que tem sido reconhecido como um potencial problema de saúde em grande escala. Muitas pessoas recebem recomendações para tomarem suplementos de vitamina D, para aumentar os níveis. Além da vitamina D, no entanto, a deficiência de magnésio é um problema pouco reconhecido. Até 80% das pessoas não consomem magnésio suficiente num dia», comenta Martha Shrubsole, outra das investigadoras envolvidas, no comunicado da universidade.

 

Shrubsole salienta mudanças na dieta como o melhor método para aumentar a ingestão de magnésio e otimizar a absorção da vitamina D. Conheça-os na galeria acima.

Artigo anterior

Língua Gestual: a importância de aprender uma língua que une comunidades

Próximo artigo

Decoração de outono: torne a sua casa mais acolhedora