Home»FOTOS»Estas técnicas prometem devolver a coragem e espírito de aventura aos homens

Estas técnicas prometem devolver a coragem e espírito de aventura aos homens

Saber acender uma fogueira, conseguir separar uma luta de cães, sobreviver a um ataque de tubarão, conseguir encontrar comida na natureza… Se quer fazer desder o Bear Grylls que há em si, chegou o livro que pretende restituir a masculinidade e virilidade aos homens.

Pinterest Google+

O ‘Livro Perigoso para Homens’, de Rod Green, lançado pela Guerra e Paz e com tradução de Miguel Nogueira, promete devolver a aventura e coragem ao dia a dia do mais sedentário dos seres masculinos. Ou femininos. O objetivo é transmitir conhecimentos que antes eram passados de pais para filhos e que, com a evolução da sociedade tecnológica, foram ficando para trás.

 

Sobreviver ao ataque de um urso? Simples. Apanhar uma truta à mão? Fácil. Salvar-se de um edifício a arder? É como se fosse o Bruce Willis no Assalto ao Arranha-Céus. Este é um manual que reúne uma panóplia de conselhos e dicas sobre não apenas como lidar com situações em que não se possa contar com ajuda da tecnologia moderna – esqueçam os smartphones e o Google -, mas também como e por que razão é aconselhável aprender algumas dessas pequenas pérolas que, no passado, deixavam à mostra toda a rebeldia e valentia dos homens.

 

VEJA TAMBÉM: HOMENS ADEREM CADA VEZ MAIS A TRATAMENTOS DE BELEZA

 

Com o desenvolvimento de uma sociedade baseada na tecnologia, muitas técnicas que eram básicas foram-se perdendo. «Há não muito tempo, os nossos pais e avôs eram capazes de fazer fogueiras à chuva, lidar com um pneu estourado, substituir um botão perdido, inventar uma ceia apetitosa no meio da selva. Em suma, sabiam fazer uma data de coisas que tantos homens hoje em dia nem saberiam por onde começar», explica o autor no livro.

 

Neste livro, há de tudo: técnicas para o ar livre, para sobreviver à fauna dos bosques, no deserto, na água ou para lidar com os animais. Ao todo, são 66 técnicas de sobrevivência, porque, afinal, um homem prevenido vale por dois e há situações em que não se pode contar com a tecnologia moderna.

 

VEJA TAMBÉM: STRESS NOS HOMENS ALTERA CÉREBRO DOS FUTUROS FILHOS, REVELA ESTUDO

 

«Claro que há muitas coisas no mundo de hoje que o homem moderno deve estar grato por ter ao seu dispor. Mas estas coisas têm um preço – a nossa capacidade de sair de casa e criar as nossas próprias aventuras e lidar com perigos. Porém, o vosso tédio diz muita coisa», escreve o autor no livro em jeito de crítica à passividade atual.

 

Por isso, há que sair para a rua ir procurar aventura. Mas tem de se estar preparado. «As competências mais úteis são universais. Primeiro, devem manter sempre a cabeça fria. Ficar com os nervos à flor da pele nunca ajudou ninguém. Segundo, devem preparar-se o melhor possível para aquilo que têm à vossa frente», aconselha o escritor antes de embarcar na sua primeira aventura. Por isso, deixamos-lhe algumas técnicas de Rod Green para saber lidar com situações no mundo e sem a ajuda da tecnologia. Veja na galeria acima.

Artigo anterior

Hora do Planeta: hoje apague as luzes às 20h30

Próximo artigo

Os melhores destinos da Europa para as férias da Páscoa