Home»BEM-ESTAR»COMPORTAMENTO»Está viciado nas redes sociais? Faça este teste

Está viciado nas redes sociais? Faça este teste

Se passar muito tempo agarrado ao telemóvel, em particular às redes sociais, a probabilidade de isso lhe provocar alguns dissabores na vida real é grande. Saiba porquê e faça um pequeno teste preparado pelo autor do livro 'Muito de uma coisa boa: É viciado no seu smartphone?'

Pinterest Google+

Passa muito tempo nas redes sociais e chega mesmo a verificar o seu smartphone a cada poucos minutos para ver quantas pessoas já puseram um gosto na sua última publicação no Facebook? Pois saiba que isso pode ter um preço a pagar na ‘vida real’.

 

«A nossa devoção à tecnologia e aos média mudou muito a forma como interagimos com os outros e isso não é necessariamente bom», elucida James Roberts, professor de Marketing na Universidade de Baylor, EUA, num comunicado de imprensa.

 

VEJA TAMBÉM: PARA DORMIR BEM É PRECISO DESLIGAR O SMARTPHONE 30 MINUTOS ANTES

 

Roberts admite que a tecnologia apresenta efetivamente inúmeras vantagens. No entanto a obsessão com os smartphones, e «as vidas que vivemos através das redes sociais», pode incorrer num custo desagradável nos relacionamentos da vida real.

 

O autor do livro ‘Too Much of a Good Thing: Are you Addicted to your Smartphone?’ (trd: ‘Muito de uma coisa boa: É viciado em seu smartphone?) afirma que a substância e os vícios comportamentais apresentam seis componentes centrais: relevância, euforia, tolerância, conflito, os sintomas de abstinência e recaída. Posto isto, Roberts sugere que faça as perguntas – que apresentamos na galeria acima –  a si próprio/a, para que possa medir cada um desses componentes e perceber se o seu  apego às redes sociais pode representar um vício.

 

VEJA TAMBÉM: PARA DORMIR BEM É PRECISO DESLIGAR O SMARTPHONE 30 MINUTOS ANTES

 

Em caso de as respostas serem positivas a três ou mais dessas perguntas, talvez seja necessário reconsiderar o uso deste tipo de plataformas. Não obstante, não há motivo para preocupação – «ainda há esperança», acredita. De acordo com a teoria de Roberts, o truque passa por criar um ‘digital sweet spot’, isto é, encontrar um equilíbrio entre o mundo virtual e o real. Aconselha a que encontre forma de estar conectado sem descartar de modo algum aquilo que realmente importa.

 

«Você, as suas relações e a sua comunidade são os pilares para uma vida feliz e com sentido», enfatiza James Roberts. «Essas são as primeiras coisas que sofrem quando a nossa vida se desequilibra». Responda agora, com sinceridade, na galeria acima, às questões preparadas pelo autor e saiba como está a sua relação com as redes.

Artigo anterior

Primeiras impressões moldam relações mais do que pensamos

Próximo artigo

As vantagens de dormir sem roupa