Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Espinafre, alimento ou medicamento?

Espinafre, alimento ou medicamento?

Os elementos ativos do espinafre são tantos que se pode afirmar poderem substituir meia farmácia em nossa casa. É o rei das hortaliças, pelas suas excelentes e completas propriedades.

Pinterest Google+

A sua constituição é maioritariamente água(100g), 93g é água, 2.3g proteínas, 0.3 gordura e 1.8g de hidrocarbonatos e apenas 20 calorias. Em compensação, é rico em vitaminas, minerais, clorofila, oligoelementos e fermentos.

 

O espinafre oferece a melhor de todas as composições da farmacopeia necessária e eficaz na formação do sangue, sobretudo por conter cálcio, fósforo, enxofre, arsénico, cobre, iodo, ferro, vitamina C e clorofila, que é quimicamente semelhante à hemoglobina humana.

 

VEJA TAMBÉM: ESTUDO: A MELHOR FORMA DE COMER ESPINAFRE É CRU

 

Um sumo de espinafre uma vez por semana é o suficiente para preservar a manutenção das nossas reservas minerais sanguíneas. Pode-se até considerá-lo o rei das hortaliças, pelas suas excelentes e completas propriedades.

 

Contém vitamina A em quantidade abundante, a qual protege a pele e as mucosas. Possui ainda vitamina B e C, pelo que posso afirmar que ao ser consumido em sumo desempenha um papel importante no tratamento das doenças gástricas, além de ser excelente para o tratamento das doenças hepáticas, sobretudo no caso de icterícia e é também um calmante digestivo.

 

Como alimento de excelência, o seu poder além de curativo é ainda preventivo, razão pela qual lhe devemos dar destaque na alimentação nutracêutica. Pode ser consumido cru, em saladas, ligeiramente cozinhado em sopas ou como acompanhamento e incluído em sumos matinais, num máximo de tês vezes por semana.

 

VEJA TAMBÉM: 5 DIAS ÚTEIS, 5 JANTARES VEGETARIANOS PARA A FAMÍLIA

 

Nunca jogue fora a água onde cozinha o espinafre, pois é nela que está a maioria das suas propriedades. No entanto, a minha sugestão é que o consuma cru, para melhor disfrutar do seu poder nutricional.

 

O alimento é o seu melhor tratamento, razão pela qual afirmo que a saúde e a beleza começam sempre à mesa.

 

 

 

 

Artigo anterior

Maior evento de terapias alternativas realiza-se de 6 a 8 de setembro em Lisboa

Próximo artigo

12 segredos dos casais felizes