Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Espanha regista a temperatura mais baixa de sempre na Península Ibérica chegando aos -35,8°C

Espanha regista a temperatura mais baixa de sempre na Península Ibérica chegando aos -35,8°C

O recorde atingindo nesta quinta-feira foi registado na província de León, no noroeste de Espanha, num enclave do conhecido Parque Nacional dos Picos de Europa.

Pinterest Google+
PUB

A Espanha volta a registar a temperatura mais baixa de sempre na Península Ibérica nesta quinta-feira, com o termómetro a descer aos -35,8 ° C. O novo recorde de temperatura foi registado na estação meteorológica de Vega de Liordes, localizada a 1.874 metros de altitude, na província de León, no noroeste de Espanha, avança a imprensa internacional.

 

Segundo o ‘Diário de Castela e Leão’, esta zona, situada superou o mínimo alcançado em La Llança, situado na estância de esqui de Baqueira Beret, na província de Gerona, que poucas horas antes tinha assinalado -35,6 graus.

 

O território está atualmente a ser atingido pela tempestade Filomena com fortes nevões que são esperados mesmo em altitudes de apenas 200 metros «em grandes áreas do interior da península», disse a AEMET, Agência Meteorológica Estatal de Espanha, nesta quinta-feira, citada pela BBC.

 

Ainda assim, as temperaturas geladas em Leão não são as mais baixas observadas na Europa. Segundo o canal britânico,  França já chegou aos -36,7 ° C e a Suíça aos -41,8 ° C. A temperatura mais baixa registada no Hemisfério Norte foi -69,3 ° C, na Groenlândia a 22 de dezembro de 1991, de acordo com a Organização Meteorológica Mundial. Ainda assim, uma temperatura 20 ° C mais quente do que o recorde global, estabelecido em julho de 1983 na estação meteorológica de Vostok, na Antártica.

 

Artigo anterior

Batido detox de beterraba: porque o deve incluir agora na sua alimentação

Próximo artigo

ONU e Amnistia Internacional condenam prisão de 50 ativistas pró-democracia em Hong Kong