Home»LAZER»DICAS & VIAGENS»Espanha: os sete destinos de excelência recomendados pela rede EDEN

Espanha: os sete destinos de excelência recomendados pela rede EDEN

A Rede EDEN - Destinos Europeus de Excelência da Comissão Europeia - premeia os destinos mais sustentáveis e amigos do ambiente da Europa. Em Portugal, apenas o Faial foi distinguido nesta lista, mas em Espanha há sete destinos EDEN que deve conhecer. E nós vamos apresentar-lhos.

Pinterest Google+

Todos os anos, a Comissão Europeia realiza uma lista com os destinos da Europa que mais se distinguem pela sua sustentabilidade e pelo cuidado que têm com o meio ambiente que os rodeia. A ilha do Faial é o único local em Portugal que faz parte da lista dos destinos EDEN. Mas Espanha tem sete destinos que figuram nesta lista.

 

A Terra de Santo Inácio (na província de Guipúscoa), Goeirri (País Basco), Parque Natural das Montanhas e Canyons de Guara (Aragão), Ecoparque de Transmiera (Cantábria), o delta do Ebro e Sierra de las Nieves são destinos que deve conhecer e com os quais certamente se vai encantar. Conheça-os de seguida e veja imagens na galeria acima.

 

A Guarda (vencedora na categoria de turismo aquático)

Esta vila piscatória fica perto da fronteira com Portugal. Ladeada pelo rio Minho e pela montanha de Santa Trega, A Guarda é conhecida como a ‘Capital da Lagosta’. Para além da grande quantidade de produtos do mar e belas praias, nesta região, no inverno, é possível observar inúmeras espécies de aves. Perto da costa e do rio, desde 2010, os entusiastas do trekking vão poder realizar passeios agradáveis.

 

Durante a sua estadia em a Guarda, aproveite para visitar o castro de Santa Trega, que é a mais importante amostra de assentamentos antigos de todo o noroeste da península, ou o centro histórico da vila, onde vai poder descobrir edifícios do século XVI, como a Torre do Reló ou a Igreja de Santa Maria.

 

VEJA TAMBÉM: FAIAL, A VERDEJANTE ILHA AÇORIANA

 

Goeirri, País Basco (vencedor na categoria de gastronomia local)

Se procura viver da melhor forma a vida campestre do País Basco, Goeirri é o local ideal para o fazer. Em Goeirri poderá provar boa comida, uma natureza deslumbrante, produtos locais de qualidade, uma cultura enraizada e belos campos verdes. A localidade de Goeirri tem as suas fundações na Espanha medieval e fica entre dois parques naturais, para além de ser ‘atravessada’ pelo Caminho Real e pelo Caminho de Santiago. Prepare-se, pois, falam basco.

 

Mesmo que não entenda o basco, as 30 feiras de gastronomia são um bom chamativo para que conheça a região, que também tem uma grande oferta cultural, com a Semana Santa e uma Feira Medieval como principais chamativos. Aproveite para visitar o mercado de Ordizia, que acontece desde 1512, e o território Idiazabal, onde poderá provar a verdadeira comida basca, que é baseada em diversos peixes e frutos do mar.

 

Serra Nevada (vencedor na categoria de turismo e património imaterial local)

Esta é na cadeia montanhosa situada na parte central da província de Málaga. Este distrito, que faz fronteira com a Costa del Sol, o Vale do Guadalhorce (Valle del Guadalhorce), as Colinas de Ronda (Serranía de Ronda) e o distrito de Guadalteba, é rural e montanhoso e por isso as pessoas vivem em perfeito equilíbrio com a natureza.

 

Nas nove cidades da Sierra, poderá encontrar as ricas tapeçarias da região ou o Parque Natural, que abriga uma das maiores florestas de pinheiro espanhol do mundo, com mais de 3.000 hectares. Na Sierra de las Nieves, que é considerada pela UNESCO como uma reserva da biosfera, pode realizar várias atividades de lazer ao ar livre.

 

VEJA TAMBÉM: AS 10 MELHORES ILHAS DA EUROPA SÃO…

 

Delta do Ebro (vencedor na categoria de turismo e áreas protegidas)

O rio Ebro é o segundo maior da Península Ibérica e estende-se do sul de Barcelona ao norte de Valência. O Parque Natural do delta do Ebro apresenta lagoas calmas e paisagens de tirar o fôlego. O que faz com que o delta deste rio seja um dos lugares mais exóticos e puros de toda a Espanha.

 

A região permite trilhas perfeitas para caminhadas e para a observação de pássaros e restante vida selvagem. A Punta de la Banya, o principal local deste parque, tem uma das mais importantes áreas de reprodução de aves aquáticas do Mediterrâneo. No delta do Ebro (que em 2006 adoptou a Carta Europeia do Turismo Sustentável) há espaço para a pesca, pecuária e o cultivo de arroz, que durante vários séculos foi e continua a ser um dos maiores motores da economia local.

Artigo anterior

Da Cardinal à Dona Maria, assim é o calendário da uva de mesa

Próximo artigo

Endometriose: tratamentos médicos e cirúrgicos