Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Epigenética socio-comportamental

Epigenética socio-comportamental

A epigenética social e comportamental é uma área científica que estuda o papel da influência epigenética no comportamento do ser humano e dos animais.

Pinterest Google+
PUB

Sobretudo na forma como a criação e a natureza se desenvolvem em relação à herança biológica durante a nossa existência, podendo até alterar a expressão de caraterísticas individuais.

 

O cientista Joël de Rosnay, autor da obra sobre “A Sinfonia da Vida”, descreve o efeito dos fatores epigenéticos em sociedade e como essas influências afetam a nossa evolução, segurança, saúde, ambiente profissional e o estado de felicidade.

 

O autor estabelece ainda uma relação entre epigenética e a epimemética (modificação dos genes do DNA social), os chamados memes ou ações, comportamentos, ideias e conceitos, com impacto em sociedade, ao ponto de influenciarem as moléculas de regulação do RNA em todo o nosso bem-estar.

 

A memética aplica conceitos da teoria da evolução (especialmente da genética populacional) à cultura humana. Pretende explicar vários assuntos como religião e sistemas políticos, hábitos alimentares, de vestir e de convívio, usando modelos matemáticos.

 

Ao desenvolver um projeto de investigação e um observatório sobre a saúde dos povos, verifico que a forma de uma determinada população se alimentar e interagir entre si e o exterior, pode desenvolver novas doenças de perceção quase invisível, mas de grande impacto na saúde fisiológica, desenvolvimento físico e emocional das gerações entre o 1ºmês de vida e os 50 anos, com grande incidência nos fluxos populacionais migratórios dos últimos 30 anos.

 

epigenetica

Como profissional de saúde educativa e preventiva, mas também representante dirigente de uma entidade do terceiro setor social, a AESEP, que desenvolve uma atuação como membro parceiro do Grupo de Interesse do Parlamento Europeu sobre os Direitos dos Doentes e Cuidados de saúde Transfronteiriço, tenho o dever e a responsabilidade de alertar, educar e contribuir, para que seja criada uma nova visão de evoluir coletivo e social em uma atuação de prevenção primordial, contribuindo com informação e inovação em literacia acessível aos três setores sociais.

 

Um dos modelos mais recentes que exemplificam este tipo de mudanças é o Gabinete da Gestão da Felicidade, um projeto desenvolvido pela Engenheira Civil, Executive & Team Coach, Liliana Sequeira, fundadora da marca Mighty Mind, onde desenvolve um modelo de atuação focada em segurança,  saúde, e educação para a felicidade no trabalho, a qual tem direta influência na vida pessoal das pessoas de cada empresa e implicitamente nas famílias a que pertencem.

 

Este projeto e tipo de atuação são um excelente exemplo de modelo para inclusão nas mudanças de hábitos e formas de atuação para o bem-estar da sociedade, com impacto a médio e curto prazo na comunidade europeia e países da CPLP.

 

 

Artigo anterior

Prepare-se para o inverno: como cuidar da beleza nos meses frios

Próximo artigo

Factos e benefícios do queijo: da proteína às vitaminas