Home»VIDA»CARREIRA»Emoji Marketing: Vamos colocar um ☺ ou um ❤ na nossa marca!

Emoji Marketing: Vamos colocar um ☺ ou um ❤ na nossa marca!

O uso de imagens em campanhas de marketing permite passar as emoções que queremos transmitir com a nossa marca, produto ou serviço. Hoje em dia, conseguimos comunicar essas emoções apenas com um clique no teclado. Estou a falar de emojis!

Pinterest Google+
PUB

Cliché, ou não, a verdade é que uma imagem vale mesmo mais do que mil palavras! Ao pensar na linguagem através de emoji rapidamente somos assaltados por diversos pensamentos:

– É a linguagem predominante da Geração Z

– É uma linguagem informal

– É utilizada sobretudo na troca de mensagens rápidas

 

Mas, serão estas ideias (pré-concebidas) mesmo reais?

 

Em jeito de pontapé de saída, importa referir que a leitura da linguagem do emoji não é assim tão simples como se pensa (por alguma razão existe uma emojipedia), senão vejam este exemplo: para mim, que não faço parte da tal Geração Z, se quero expressar que me estou a rir (muito) com algo que li uso ? mas, para a Geração Z, o emoji indicado seria ? ou ?. Estranho, não?

 

Importa, portanto, que os profissionais de marketing que estão a considerar usar o Emoji Marketing aprendam a falar fluentemente este idioma.

Para esta geração qualquer conteúdo transmite uma mensagem: seja um título, uma foto, um meme, um vídeo ou um emoji. Para eles, estes meios não-verbais são necessários para transmitir o que é sentido. Ainda para mais sabendo que preferem comunicar-se digitalmente do que presencialmente.

 

Então, se é a linguagem de uma geração, porque usá-la no marketing?

Basta um scroll pelas redes sociais para entendermos a importância desta linguagem. De acordo com um estudo da WordStream, usar um emoji num tweet pode aumentar em 25% a interação quando comparada com mensagens sem emoji. Da mesma forma, o uso de um emoji num post no Facebook pode aumentar a interação em 57%. Por outro lado, é fácil perceber que, quando bem utilizada, esta linguagem pode contribuir de forma muito positiva para os resultados das marcas, havendo estudos que indicam que os consumidores estão mais disponíveis para adquirir produtos anunciados usando emojis (ver “Emoji Trend Report 2019” da Adobe).

 

Como na maioria dos temas de marketing, o segredo está no equilíbrio entre a mensagem, a intenção e a emoção que se quer transmitir. Para além das estatísticas, esta linguagem torna a marca mais percetível, adiciona contexto à mensagem e apela às emoções. É aconselhável o uso de emojis que transmitam emoções positivas para gerar um envolvimento memorável.

 

O Emoji Marketing permite:

1 – Humanizar a marca: usar emojis permite adicionar personalidade à marca, aproximá-la dos consumidores utilizando a mesma linguagem que eles usam diariamente nas mensagens e chats e nos posts nas redes sociais pessoais. Porque não contar a sua história usando emojis? Cuidado apenas para não exagerar.

 

2 – Criar um melhor relacionamento com o consumidor: é fácil perceber que se utilizamos esta linguagem para falarmos com os nossos familiares e amigos, aqueles que nos são mais próximos, vamos rever-nos melhor com uma marca que a use (bem). É uma linguagem divertida, leve e envolvente. Para além do mais, é uma linguagem universal, entendida por todos. Se usada corretamente é uma linguagem que permite criar um melhor relacionamento entre marca e consumidor.

 

3 – Adicionar conteúdo ao contexto: o recurso a emojis no texto das comunicações de marketing (vulgo copy) permite adicionar um contexto extra à mensagem. O efeito é semelhante ao da pontuação. Da mesma forma que um ponto de exclamação altera o tom da mensagem, um emoji também adiciona emoção ao texto. Em conjunto com um bom texto, tornam a mensagem mais profunda e com mais significado.

 

Como usar o emoji de maneira eficaz no marketing?

Antes de mudar todos os textos para incluir emojis é importante:

# analisar o perfil do consumidor que queremos impactar com determinada campanha para ter a certeza de que este tipo de linguagem corresponde ao que ele quer encontrar;

 

# analisar os canais de marketing que iremos usar na campanha pois também afetarão a leitura do emoji:

  • Nas redes Sociais: são o match Todos os dias utilizamos emojis para interagir com os conteúdos que seguimos. Não há motivo para as marcas não o fazerem. Devemos usar os emojis para adicionar contexto extra à mensagem ou para reforçar o texto. É também possível pedir aos seguidores que interajam usando um emoji facilitando a interação e o relacionamento (recentemente o Linkedin introduziu emojis e temos assistido a muitos “inquéritos” através de resposta usando o emoji mais adequado). A interação com um conteúdo, de forma simples, divertida e criativa, aumenta o relacionamento do consumidor com a marca.

 

  • No email Marketing: embora o uso de emojis seja mais usual nas redes sociais, ele não é exclusivo desses canais. Incorporar emojis nas campanhas de email marketing pode ser muito positivo. Existem estudos que referem o aumento da taxa de abertura e conversão.

 

  • Na publicidade paga: num teste feito no Facebook, a AdEspresso testou 2 anúncios exatamente iguais exceto com a diferença que um deles continha um emoji no título e o outro não. A taxa de cliques no anúncio com o emoji foi 241% mais alta do que no anúncio sem emoji.

 

#  adequar o uso do emoji à mensagem, ao tom de comunicação e à voz da marca. Se nunca usa emojis na comunicação, pode soar falso usar apenas num canal (o contexto é tudo);

 

# definir uma estratégia de “Emoji Marketing” adequada à marca e ao público-alvo antes de mudar toda a comunicação.

 

Apesar de muito se associar a Geração Z ao uso de emojis a verdade é que o uso desta linguagem não tem idade.
Um estudo da Appboy refere que 84% dos consumidores com idade entre 18 e 24 anos recebem pelo menos uma mensagem por dia contendo um emoji, 73% dos usuários entre 24 e 44 recebem pelo menos uma mensagem por dia contendo um emoji e 54% das pessoas com mais de 45 anos recebem emojis nas mensagens pelo menos uma vez por dia.

 

Em conclusão, marcas que incorporam na sua comunicação elementos lúdicos como os emojis, conseguem criar (ou reforçar) uma personalidade divertida e com recurso ao humor que suporta as campanhas e a relação emocional com os consumidores. É ainda facilmente compreendido que, mesmo na relação B2B os profissionais de marketing podem usar a linguagem do emoji, de forma mais subtil, como forma de chamar a atenção.

 

Sem qualquer dúvida que os emojis humanizam a mensagem e dão-lhe cor.

??

? ?

?

Artigo anterior

Dietas mais saudáveis são também melhores para o ambiente

Próximo artigo

Decorações divertidas para uma Páscoa e primavera alegres