Home»BEM-ESTAR»NUTRIÇÃO»Em época de excessos… reduza o desperdício

Em época de excessos… reduza o desperdício

Estamos numa época típica de excessos alimentares, com mesas fartas de tudo o que é tradicional. Tradição é também muita coisas sobrarem gerando ainda mais o indesejável desperdício.

Pinterest Google+
PUB

Cerca de um terço da produção alimentar mundial é desperdiçada e 17% da comida é deitada fora ainda antes de chegar aos consumidores. Mais ainda na época do Natal, onde as mesas das famílias ficam repletas de iguarias. São números que impressionam sobretudo se pensarmos nos recursos envolvidos na respetiva produção e no número de pessoas com fome que poderiam ter acesso a estes alimentos.

 

É fundamental que o combate ao desperdício seja um conceito integrante de toda a sociedade, seja das pessoas, seja das empresas, seja dos poderes públicos e se transforme num compromisso com as gerações futuras.

 

Existem comportamentos tão simples no nosso quotidiano que podem fazer toda a diferença na quantidade de desperdício alimentar que é produzida diariamente. Estima-se que 40% do desperdício alimentar ocorre a nível doméstico pelo que o envolvimento das famílias é essencial no seu combate.

 

De seguida, pode ver dez dicas do Movimento “Unidos Contra o Desperdício” que podem ajudar os portugueses no combate ao desperdício, dentro das suas próprias casas.

  1. Planeie as refeições e elaborar uma lista de compras antes de ir ao supermercado.
  2. Cozinhe apenas as quantidades necessárias para o número de pessoas que vão consumir a refeição.
  3. Coloque os produtos com data de validade mais curtas à vista no frigorifico.
  4. Comece por utilizar os hortícolas e as frutas mais maduras e só depois as mais verdes.
  5. Utilize a fruta madura para preparar batidos de fruta ou purés de fruta.
  6. Se tem sobras, invente ou procure receitas que permitam o reaproveitamento.
  7. Congele a comida confecionada que sobrar ou guarde-a no frigorífico em recipientes apropriados para ser consumida no dia seguinte.
  8. Aproveite a água da cozedura dos legumes para a sopa.
  9. Use a casca de alguns produtos hortícolas ou frutas (cebola, limão, laranja, curgete, etc.) para fazer chá ou compotas.
  10. Partilhe as sobras com amigos, vizinhos, familiares.

 

 

 

 

Artigo anterior

Bacalhau com batata doce e legumes

Próximo artigo

As cores de 2021: os significados e onde utilizar na decoração