Home»ATUALIDADE»NOTÍCIAS»Eleições europeias: Filme do PE atinge 75 milhões de visualizações

Eleições europeias: Filme do PE atinge 75 milhões de visualizações

Desde que foi lançada a 25 de abril, a curta-metragem "Escolha o seu Futuro” foi vista mais de 75 milhões de vezes, um número sem precedentes para uma campanha institucional.

Pinterest Google+

Desde que foi lançada no dia 25 de abril, a curta-metragem “Escolha o seu Futuro”, parte da campanha de sensibilização do Parlamento Europeu para as eleições europeias,  já foi vista mais de 75 milhões de vezes, um número sem precedentes para uma campanha institucional, informa o Parlamento Europeu em comunicado.

 

O filme é legendado nas 24 línguas oficiais da UE, bem como em árabe, chinês, russo, hindi e turco, entre outras. Foi também produzido em 31 línguas gestuais, com o apoio da União Europeia de Surdos.

Dirigido pelo premiado realizador Frédéric Planchon e desenvolvido e produzido pela European Broadcast Partners e pela & Co./NoA, o filme documenta os momentos intensos e frágeis do nascimento de bebés, procurando levar as pessoas a refletir sobre as razões para votar e o impacto da decisão de votar no futuro da União Europeia.
Veja o vídeo abaixo.

 

 

 

Todos os nascimentos apresentados no filme são filmagens documentais reais. Sendo uma das peças centrais da campanha do PE de 2019, o filme pretende consciencializar os europeus sobre os valores partilhados, emoções e responsabilidades. Nas palavras da criança que narra o filme: “Cada um de nós pode deixar uma marca mas, juntos, podemos fazer toda a diferença”.

 

A campanha do PE inclui também a plataforma destavezeuvoto.eu, destinada a incentivar os cidadãos a participarem nas eleições europeias. Até ao momento, inscreveram-se na plataforma mais de 270 000 pessoas. As eleições europeias realizam-se em todos os países da UE de 23 a 26 de maio. Em Portugal, decorrem dia 26 de maio.

Artigo anterior

Porque a Europa é união... conheça as pontes mais bonitas da Europa

Próximo artigo

O mundo da porcelana chinesa para ver no Museu do Oriente