Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»E quando ‘não saber receber’ influencia o sexo

E quando ‘não saber receber’ influencia o sexo

Prepare-se para receber....

Pinterest Google+
PUB

E, no que toca às emoções e situações positivas, o panorama muda um pouco de figura. Quem está num registo de sofrimento e num papel de vítima, tem tendência a não saber receber o que de bom chega à sua vida. Viver situações agradáveis é sair da sua zona de conforto e, assim sendo, a pessoa sente-se insegura e por vezes desconfiada. Em termos de relacionamentos, um gesto de carinho vem acompanhado de “O que me irás pedir a seguir?!” E neste registo é mais complicado ser genuíno e usufruir do que nos estão a dar.

 

Muitas vezes esta crença errada já vem dos tempos de criança em que por algum processo a criança na sua ânsia da aprovação parental assumiu que não é reconhecida e que isso se traduz no facto de não gostarem de si. Estas crenças podem formar-se nas situações mais inusitadas. Muitas vezes, os progenitores nem se apercebem da crença que a criança está a formar. De qualquer modo, esta crença pode vir a afetar toda a vida do indivíduo. Sentir que não tem valor, que não gostam dele, por mais que se esforce, não consegue agradar aos pais…e por aí adiante, são situações que vão afetar a noção de merecimento do indivíduo.

 

Na prática, a noção de merecimento está intimamente ligada à autoestima e ao nível de amor próprio. É óbvio que quando perguntamos a alguém se merece coisas boas a resposta é automática e positiva, mas, se formos analisar comportamentos e crenças internas, é provável que cheguemos a uma consciência de merecimento diferente.

Artigo anterior

O que se pensa das outras pessoas revela muito da própria personalidade

Próximo artigo

Estudo global comprova que viajar nos torna mais tolerantes