Home»VIDA»CARREIRA»É possível encontrar um novo trabalho em tempos de pandemia?

É possível encontrar um novo trabalho em tempos de pandemia?

Esta é uma das questões que inquieta a muitos portugueses, e é mais que legítimo. Uma crise sanitária mundial, o medo da mudança e os números do desemprego levam muitos a pensar "será este o momento de mudar de emprego"? E se não for para mudar, mas simplesmente para encontrar porque está desempregado, é possível fazê-lo em plena crise mundial?

Pinterest Google+
PUB

Sim é!  Mas… torna-se um desafio, sem dúvida.

 

As grandes dificuldades para muitos são as qualificações (a mais ou a menos), para outros são as especificidades do mercado (línguas, competências técnicas, necessidades das empresas), para outros os salários e ainda para outros a idade (muito jovens ou menos jovens).

 

E a pergunta que se coloca sempre, independentemente da dificuldade é: “Será que vai resultar?” São dificuldades legítimas e óbvias, ainda mais no contexto em que vivemos. Mas devemos perante a adversidade desistir de mudar ou encontrar emprego? Claro que não!

 

Ficam aqui algumas ideias/dicas para encontrar um novo emprego (seja porque quer mudar ou porque está a procurar):

 

Um bom CV

Um CV claro, bem feito, visualmente interessante e que não seja ‘pesado’ é meio caminho andado para que uma porta ou janela se abra. Por favor, não minta no seu CV.

 

Uma boa carta de apresentação 

Seja sincero, correto, mas acima de tudo saiba ‘vender-se’ mas com classe 😉

 

Referências

Mencione no CV referências de pessoas com quem trabalhou/trabalha. Isso vai ajudar quem analisa o seu CV a entender que criou boas relações e que está a ser sincero.

 

Procure ofertas fora da zona de conforto

Não se feche ao seu “mundo”. O mercado de trabalho está sempre a mudar. Já pensou em trabalhar em algo diferente? Ponha-se à prova!

 

Crie o seu negócio
Parece uma loucura nesta época em que vivemos. Mas em plena crise muitos conseguiram alcançar o sucesso. E se fosse agora a sua vez?

 

Dê-se a conhecer 

Fale com os seus amigos ou contactos, coloque anúncios nos sites ou grupos de Facebook a indicar que está disponível para novos desafios. E não se esqueça das redes sociais.

 

Numa altura negativa, vamos ser positivos. Não desista.

Artigo anterior

Bananas no frigorífico e tomates fora? Aumente o prazo de validade dos alimentos

Próximo artigo

Os nove passos a ter em conta na hora de cuidar das mãos e unhas