Home»AMOR»RELAÇÕES»E o trabalho que dá organizar um casamento?

E o trabalho que dá organizar um casamento?

Segundo os últimos dados do PORDATA (2015), em Portugal, celebraram-se 32.393 casamentos, um número maior do que o registado no ano anterior. Apesar de se falar muito de divórcios, a verdade é que muitas pessoas continuam a acreditar na formalização do amor através do matrimónio. Mas se o amor nem sempre é um mar de rosas, organizar um casamento não o é de todo. No meio de tantas decisões a tomar, a pressão pode ser esmagadora.

Pinterest Google+
PUB

Foi há cerca de 9/10 meses que Matilde e Miguel começaram os preparativos. O orçamento é uma gestão que está ao cargo dos pais, algo muito comum em Portugal. Acima de tudo, as escolhas têm sido feitas com «parcimónia e bom senso», garantem.

 

É sempre complicado dizer o valor certo de um evento desta dimensão. Na Outlux, o orçamento mínimo é sempre adaptado às possibilidades dos clientes, onde são apresentadas soluções para reduzir os custos e aproximar-se ao máximo do que se pretende gastar. Segundo a empresa organizadora de casamentos, «o valor de um casamento com todos os serviços para 100 pessoas ronda, habitualmente, os 15 mil euros», mas «tudo depende das prioridades e exigências de cada um».

 

Veja a galeria: Comer bem num casamento sem estragar a dieta

 

E o tempo que demora a planear um casamento? Esta também é uma daquelas perguntas difíceis. O ideal ronda os 7/8 meses, no entanto, começar a tratar no espaço de um ano seria ainda melhor, uma vez que a procura é cada vez maior. Ainda assim, uma vez mais, cada caso é um caso e o tempo de planeamento necessário é relativo: «Já organizámos um casamento com apenas dois meses de antecedência», realça Carmo Montez, wedding planner na Outlux.

 

No caso de Matilde e Miguel, o casal começou a planear o casamento com 9/10 meses de antecedência e confessam que não estão nada nervosos, mas «muito felizes» e ansiosos para que o dia chegue.

Artigo anterior

Os melhores resorts ‘All-Inclusive’ do mundo

Próximo artigo

Um médico na cozinha…