Home»ATUALIDADE»ENTREVISTAS»Acne: tire todas as dúvidas

Acne: tire todas as dúvidas

A acne é uma realidade que afeta muitos jovens e adultos. Miguel Trincheiras, especialista em Dermatologia e Venereologia, responde às suas dúvidas.

Pinterest Google+

 O que é a acne?

A acne é uma patologia inflamatória crónica envolvendo as glândulas sebáceas e os folículos anexos, e localiza-se essencialmente na face e, em bastantes casos também, no tronco.

 

Quais são as suas causas principais?

Os principais factores envolvidos no desenvolvimento da acne são hormonais e condicionam altereções na constituição do sebo (que se torna mais espesso), proliferação bacteriana no seio da glândula, uma queratinização excessiva nos ostia foliculares (rolhões de queratina nos poros) e, finalmente, o desenvolvimento de fenómenos inflamatórios locais.

 

Até que idade é normal ter acne?

A acne é mais prevalente nas idades de maiores alterações hormonais como seja a adolescência, algumas fases do ciclo menstrual, a gravidez, início/paragem de toma da pílula, etc. De uma forma geral, considera-se que, após os 25 anos, a acne começa a designar-se de “tardia”, mas ainda tem alguma incidência.

 

Veja a galeria: Cuidados essenciais para uma pele saudável

 

Existem testemunhos de pessoas que deixaram de consumir laticínios e derivados (alimentação dairy-free) e que notaram melhorias significativas na pele, no que concerne à acne. Que influência tem a alimentação neste problema?

É uma boa questão, porque se até à atualidade não existiam factos científicos que suportassem uma influência da dieta no desencadeamento ou agravamento da acne, atualmente é reconhecido que as dietas ricas em leite ou outros laticínios (queijos, manteiga, cremes, …) podem estar envolvidos no desenvolvimento ou agravamento de um quadro de acne através da estimulação das glândulas sebáceas pelas hormonas contidas no mesmo. Estas são hormonas naturais produzidas pelas próprias vacas que passam grande parte das suas vidas prenhes e em aleitamento.

 

Creio que esta será a dúvida da grande maioria: o chocolate provoca ou não borbulhas?

O que parecia ser um mito, revela ser uma constatação relativamente frequente e põe-se na atualidade, precisamente, a questão anterior da presença de laticínios no chocolate.

Artigo anterior

Saiba como disciplinar o seu filho

Próximo artigo

Fantasias sexuais femininas evoluem com a idade