Home»GLAMOUR»CELEBRIDADES»Drew Barrymore dedicada ao mundo dos negócios

Drew Barrymore dedicada ao mundo dos negócios

Drew Barrymore não é a primeira atriz de Hollywood a dar passos no mundo empresarial. Nos últimos anos, a atriz tem-se dedicado com mais empenho ao mundo dos negócios do que ao cinema.

Pinterest Google+
PUB

Drew Barrymore pretende estender o seu negócio para mercados internacionais, revelou a atriz ao jornal ‘El País’.

A atriz, de 40 anos, tem vindo a desenvolver a sua faceta de empresária com a sua marca de cosméticos ‘Flower Beauty’. Os produtos são caracterizados como ‘acessíveis’ e estão à venda na cadeia de supermercados americana ‘Walmart’. Não obstante, a estrela de Hollywood tem planos mais ambiciosos e pretende levar os seus produtos para o mercado internacional, mas para tal, terá que quebrar a exclusividade com a empresa da família Walton, os fundadores do ‘Walmart’.

 

A sua estratégia comercial é simples. Em vez de gastar a maior parte do dinheiro em campanhas promocionais, Drew prefere gastar esse dinheiro no desenvolvimento de novas fórmulas e na apresentação do produto. A ‘Flower Beauty’ encontra-se disponível em 2, 500 hipermercados de ‘Walmart’, mais de metade do número existente nos Estados Unidos. No entanto, nem a atriz, nem a cadeia de hipermercados revela dados de venda ou de faturação.

 

Veja a galeria: Batom vermelho – tudo o que precisa de saber

 

O contrato de exclusividade foi assinado há três anos e, no ano passado, começou a vender a sua própria coleção de óculos. «Isto é um negócio, não é amizade. Se as coisas não correrem bem, eles mandam-nos embora», contou a empresária ao ‘El País’.

 

De momento, Drew Barrymore está a negociar com outras cadeias minoritárias para vender os seus produtos em mercados como, por exemplo, a China, Austrália, Reino Unido e alguns países da América Latina.

 

Segundo Barrymore, o seu objetivo é realçar a beleza interna da mulher. «A felicidade é o melhor cosmético», frisa a atriz.

Artigo anterior

Enxaquecas aumentam com o aproximar da menopausa

Próximo artigo

Vive no futuro? Confesse lá…