Home»BEM-ESTAR»CORPO»Dormir bem ajuda a reduzir gordura na barriga?

Dormir bem ajuda a reduzir gordura na barriga?

Pinterest Google+

Nos dias que correm, com as preocupações, o excesso de trabalho, a falta de momentos de relaxamento, é normal as pessoas queixarem-se de problemas de sono, a par com um aumento progressivo de gordura na região abdominal.

 

Existem ainda profissões que, pelas suas características, alteram o padrão do sono, como pessoas que trabalham por turnos, os enfermeiros, médicos, pilotos, assistentes de bordo, etc.

 

Quando dormimos mal durante dias seguidos, meses, ou anos, acontece algo que se chama de “disrupção circadiana”.  Esta disrupção corresponde à alteração do relógio biológico, dos ciclos sono-vigília, e resulta numa dessincronização dos neurónios (células do sistema nervoso central).  Os cientistas assumem que este fenómeno pode, eventualmente, conduzir a desordens metabólicas como obesidade e resistência à insulina.

 

Para contrariar este processo, é fundamental reunirmos no nosso dia-a-dia algumas estratégias que nos permitam retomar uma higiene do sono, a bem da nossa saúde e também para a nossa forma física, incluindo a redução de gordura corporal.

 

Eis algumas estratégias que poderão contribuir para melhorar a qualidade do sono:

– Evitar cafeína a partir da hora de almoço

– Usar luzes amarelas em casa, à noite, nos locais onde permanece antes de ir dormir

– Realizar exercícios respiratórios todas as noites e tentar deitar-se sempre à mesma hora e antes da meia-noite

– Não ver TV, computador, tablet ou smartphone 1h antes de ir dormir

– Desligar todos os aparelhos elétricos do quarto e colocar o telefone em modo de voo, caso tenha que usar o despertador

– Desligar a box de TV para diminuir a radiação

– Dormir num quarto escuro e silencioso, não demasiado aquecido.

 

Para quem tem desregulação do sono, seja porque razão for, o uso de melatonina (hormona do sono) poderá ajudar. Procure a opinião do seu médico ou farmacêutico!

 

Bibliografia: “Plasticity of circadian clocks and consequences for metabolism” – artigo de revisão publicado na revista científica Diabetes, Obesity and Metabolism, em 2015. Autores: C. P. Coomans, E. A, Lucassen, S. Kooijman, K. Fifel, T. Deboer, P. N. Rensen, S. Michel etJ. H. Meijer

 

Artigo anterior

Os looks 'Coachella' das celebridades

Próximo artigo

Daniela Ruah está grávida