Home»GLAMOUR»MODA»Donatella Versace distinguida pelo seu papel na moda internacional

Donatella Versace distinguida pelo seu papel na moda internacional

A diretora artística da Versace continua a ser reconhecida pelo seu papel na marca criada pelo seu irmão, Gianni, perpetuando a criatividade, inovação e glamour da marca. Depois de ser eleita Ícone de Moda de 2017 nos prémios de moda britânicos, são agora os americanos que a vão distinguir com o Prémio Internacional de Moda.

Pinterest Google+

Donatella Versace vai ser distinguida com o Prémio Internacional de Moda, no próximo mês de junho, pelo Conselho de Designers de Moda da América, na gala anual deste conselho que elege todos os anos os mais impactantes players da moda a nível mundial.

 

A italiana continua a perpetuar o legado deixado pelo seu irmão, Gianni Versace, assassinado em 1997, nos Estados Unidos da América. A atual diretora criativa da marca recebeu no passado mês de dezembro o título de Ícone de Moda, atribuído pelos prémios de moda britânicos, os Fashion Awards.

 

VEJA TAMBÉM: ODE À PRIMAVERA: A TENDÊNCIA DAS CORES VIBRANTES

 

Na edição de 2018, que vai ter lugar a 4 de junho próximo, o Conselho de Designers de Moda da América vai distinguir também a estilista Diane von Furstenberg com o Prémio Swarovski para Mudanças Positivas. Narciso Rodriguez vai receber o Prémio de Vida  e Carolina Herrera receberá o Prémio do Fundador em homenagem à fundadora do CFDA, Eleanor Lambert.

 

O CFDA anunciou, pela primeira vez, os candidatos aos vários prémios através do Instagram. Assim, os nomeados para Designer Feminino do Ano são Raf Simons para Calvin Klein, Gabriela Hearst, Marc Jacobs, Virgil Abloh para Off-White e Ashley e Mary-Kate Olsen para The Row.

 

Os nomeados para  Designer Masculino do Ano são Raf Simons para Calvin Klein, Virgil Abloh para Off-White, James Jebbia para Supreme, Thom Browne e Tom Ford. O prémio mais aguardo, Ícone de Moda de 2018, será só conhecido na altura da cerimónia.

 

 

Artigo anterior

«Um organismo acidificado é um íman para o desenvolvimento de doenças»

Próximo artigo

Finlândia é o país mais feliz do mundo em 2018