Home»BEM-ESTAR»CORPO»Do Sudeste Asiático para Portugal: um espaço de massagens inovador

Do Sudeste Asiático para Portugal: um espaço de massagens inovador

Chama-se ‘Ponha Aqui o seu Pezinho’ e é o primeiro espaço português inteira e exclusivamente dedicado às massagens típicas dos spas tradicionais dos países asiáticos, onde os pés recebem toda a atenção merecida. Sob o lema ‘relaxe, recarregue e cure’, num ambiente tipicamente português, com produtos biológicos e unicamente nacionais, a MOOD foi procurar saber mais sobre o conceito e a terapêutica asiática.

Pinterest Google+

A reflexologista interessou-se por esta terapia não convencional quando, na sua formação em Naturopatia teve uma cadeira anual de reflexologia, tendo, posteriormente, frequentado mais alguns cursos de formação «a fim de se ir mantendo atualizada», porque, como refere, «esta é uma área em constante evolução e é necessário ir acompanhando as mudanças».

 

Num ambiente calmo e relaxante, onde o aroma dos óleos biológicos de origem nacional nos transportam para dimensões longínquas, passamos à segunda fase do tratamento: a massagem podal. O seu objetivo é «ajudar a relaxar os tecidos», preparando-os para o que vem a seguir, esclarece a terapeuta.

 

Findos 15 ou 20 minutos, Filomena trouxe-nos uma caixa de madeira pequena, fazendo recordar os baús onde, antigamente, se guardavam as joias. Lá dentro estavam seis frasquinhos com diferentes óleos e tínhamos que escolher um, de acordo com o que pretendemos na altura (relaxar, tratar dores, reduzir o inchaço causado pela má circulação ou outros). Hortelã-pimenta, alfazema, May Chang, cedro, eucalipto e erva-príncipe são os óleos disponíveis. Importa referir que cada um destes está associado ao alívio de algumas ‘maleitas’, como se costuma dizer na gíria portuguesa.

 

VEJA TAMBÉM: DEZ MANDAMENTOS PARA TER UMAS PERNAS PERFEITAS

 

Escolhida a loção extra a juntar, Filomena pega nos ‘sticks’ (paus) de madeira e começa a percorrer o pé, pressionando, cuidadosamente, alguns dos pontos reflexológicos, nos quais consegue perceber se sofremos ou não de determinado problema. Entre perguntas e respostas, lá foi adivinhando quais os pontos em que tinha mais tensão e, por conseguinte, aqueles que tinha que trabalhar um pouco mais. No final da sessão de tratamento, os pés são tapados por uma toalha, o que confere um conforto extra, e é oferecido um chá para que fiquemos a relaxar um pouco mais.

 

Para além da loja de lisboa, existe outra localizada no Centro Histórico de Guimarães. Guimarães, a cidade-berço de Portugal, foi também a cidade-berço deste projeto, visto ter sido aqui que Gonçalo e Vanessa inauguraram a sua primeira loja, em junho do ano passado. «Quando decidimos implementar o conceito em Portugal queríamos fazê-lo num lugar onde fosse mais fácil investir e houvesse um bom fluxo de turistas. Como não tínhamos experiência nesta área e estávamos a investir as nossas poupanças pessoais, decidimos jogar pelo seguro. O grande objetivo era testar o conceito, perceber se haveria interesse e se haveria potencial para crescimento. Fora Lisboa e Porto, Guimarães pareceu-nos um destino atraente pelo perfil dos residentes e também dos turistas. É uma cidade com uma aura cultural imensa», contam Gonçalo e Vanessa.

 

VEJA TAMBÉM: PODOLOGISTA RECOMENDA CUIDADOS A TER COM OS PÉS NO DESPORTO

 

Ao que parece o conceito teve sucesso, pois passado menos de um ano arriscaram e vieram com os seus óleos, sticks, pedras e baldes de bambu para a capital portuguesa. Aberta desde março do presente ano, segundo a terapeuta Filomena e os proprietários, está a ser um sucesso. «O negócio está a correr bem. Com a abertura de Lisboa, o conceito exponenciou-se. A capital é outra realidade e pensamos que foi uma ótima aposta», dizem, revelando que «o plano de negócios contempla Porto, mais um espaço em Lisboa e ainda o Algarve».

 

Convém ressalvar que os preços praticados pelas clínicas vão desde os 12€ para uma massagem podal de 20 minutos aos 30€ para uma sessão de reflexologia podal de 60 minutos. É também importante referir que existem, como dito anteriormente, serviços combinados e ainda packs de tratamentos, com preços a partir dos 59€ mensais. Vanessa explicou que decidiram, em conjunto, «estabelecer preços que puxem pelas pessoas, de modo a que, tal como os asiáticos, os portugueses deixem de ver uma massagem como um luxo e passem a gozar dos benefícios destes tratamentos milenares».

 

Sobre o futuro, o casal de portugueses emigrados em Macau, dizem que por enquanto «é para continuar por Macau, mas queremos regressar a Portugal. É preciso é saber quando o nosso ‘pezinho’ nos vai conseguir levar de volta». Veja agora, na galeria no início do artigo, o passo a passo desta massagem.

Artigo anterior

Sofre de depressão de segunda-feira? Antecipe-se e veja como a próxima já vai ser melhor

Próximo artigo

Calçado nacional: do mais sexy da Europa à conquista do mundo