Home»ATUALIDADE»ESPECIALISTAS»Diga não à hipertensão com atitude positiva

Diga não à hipertensão com atitude positiva

Em Portugal, a hipertensão tem um impacto significativo na saúde e qualidade de vida dos cidadãos, afetando cerca de 36% da população adulta. A 17 de maio assinala-se o Dia Mundial da Hipertensão.

Pinterest Google+

A hipertensão arterial (HTA) é um importante problema de saúde pública, sendo um dos principais fatores de risco para a doença cardiovascular e uma das principais causas de mortalidade a nível mundial. Em Portugal, a hipertensão tem um impacto significativo na saúde e qualidade de vida dos cidadãos, afetando cerca de 36% da população adulta.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) apresenta recomendações no sentido de reduzir o consumo de sal e para a ingestão de potássio para a redução da pressão arterial e do risco cardiovascular. Atualmente é de conhecimento geral os riscos do consumo excessivo de sal como um fator que predispõe para o aumento da pressão arterial, no entanto, ainda é pouco conhecido, com evidencia científica, que o a ingestão de potássio além dos benefícios conhecidos na fraqueza muscular e na prevenção de cãibras, pode também constituir um fator protetor no desenvolvimento da hipertensão.

 

VEJA TAMBÉM: ACHA QUE SABE TUDO SOBRE HIPERTENSÃO?

 

Neste sentido, a Direção Geral de Saúde, pelo Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável/Programa Nacional para as Doenças Cérebro-Cardiovasculares, criou o manual “A importância do potássio e da alimentação na regulação da pressão arterial”. Para a redução da pressão arterial e do risco cardiovascular, a Organização Mundial da Saúde recomenda uma ingestão de potássio igual ou superior a 3500 mg/dia para adultos.

 

A fisiopatologia da hipertensão essencial é de extrema complexidade pois resulta da inter-relação de múltiplos fatores. De entre estes fatores, o balanço de sódio e potássio é essencial na manutenção do equilíbrio hidroeletrolítico, do volume sanguíneo e da atividade celular. Uma adequada ingestão de potássio é fundamental para regular a pressão arterial e os efeitos da ingestão de sódio.

 

No entanto, também outros constituintes da dieta, como proteínas, cálcio, magnésio e potássio, assumem particular relevo nas recomendações para uma alimentação saudável no doente hipertenso. O estudo Dietary Approaches to Stop Hypertension (DASH) foi central na verificação de que uma dieta com baixo teor de colesterol, produtos açucarados, gordura total e saturada, mas rica em hortofrutícolas e laticínios magros reduzia a pressão arterial tanto em normotensos como em pré-hipertensos e hipertensos.

 

VEJA TAMBÉM: COLESTEROL, O VILÃO

 

Mas não só a alimentação deve ser tomada em conta na prevenção de HTA, também a prática de exercício físico constitui fator essencial tanto na prevenção como no tratamento e controlo. O exercício aeróbio como a corrida, caminhada e a natação, afeta a composição corporal, com diminuição da massa gorda e melhora também condição física. Os exercícios aeróbios podem ser completados com exercício de força e resistência, sob supervisão de profissional qualificado, pois estes auxiliam no aumento da força e resistência muscular.

 

Já sabe e é inquestionável que se quer manter ou promover uma saúde ótima o abandono de todos os hábitos nocivos, como o consumo de tabaco, bebidas alcoólicas e cafeina em excesso. Por fim e não menos importante evitar e prevenir fatores de stress e gerir a ansiedade. Como já se habituou nas minhas crónicas, sabe que sou fã da prática de meditação e do desenvolvimento de consciência individual, como medida de promoção de eleição da nossa saúde.

 

Gerir as nossas emoções e sentimentos, evitar amarguras, ódios, evitar palavras de desrespeito e de julgamento para com o próximo. Saber perdoar aos outros e também a nós próprios. Desenvolver uma atitude amorosa com o nosso corpo, pois este constitui o nosso templo e é através dele que podemos disfrutar de toda a nossa existência e experienciar esta vida. Viva com mais sentir e mais energia positiva, garanto que não há pressão arterial que resista.

 

Fique bem, fique com mais saúde e energia positiva!

Artigo anterior

Mértola, um roteiro pela Vila Museu

Próximo artigo

Porque deve comer uma banana todos os dias? Porque o seu coração agradece