Home»FOTOS»Dieta rica em maças e tomates ajuda a reparar pulmões de ex-fumadores

Dieta rica em maças e tomates ajuda a reparar pulmões de ex-fumadores

Estudo realizado pela Escola de Saúde Pública Johns Hopkins, EUA, descobriu também que a ingestão regular de tomates pode ajudar a diminuir o declínio natural da função pulmonar em todos os adultos. Em plena época do tomate, aproveite para se abastecer dos seus nutrientes.

Pinterest Google+

Se deixar de fumar é um dos seus objetivos, pode ter novos aliados para reparar os danos pulmonares causados pelo tabaco, sobretudo no verão, época plena do tomate. Segundo um estudo realizado pela Escola de Saúde Pública Johns Hopkins, EUA, os tomates têm componentes que ajudam a reparar os pulmões de ex-fumadores. Algo também encontrado nas maças.

 

Os pesquisadores descobriram que os adultos que, em média, comiam mais de dois tomates ou mais de três porções de frutas frescas por dia tiveram um declínio mais lento na função pulmonar em comparação com aqueles que comiam menos de um tomate ou menos de uma porção de fruta por dia, respetivamente. Os pesquisadores perguntaram sobre outras fontes dietéticas, como pratos e alimentos processados contendo frutas e vegetais (por exemplo, molho de tomate), mas o efeito protetor só foi observado em frutas e vegetais frescos.

 

VEJA TAMBÉM: COMO O TABACO AFETA A BELEZA

 

O documento, que faz parte do estudo ‘Aging Lungs in Coorts European’, financiado pela Comissão Europeia e liderado pelo Imperial College de Londres, também encontrou um declínio mais lento na função pulmonar em todos os adultos, incluindo entre aqueles que nunca tinham parado de fumar ou tinham fumado. A má função pulmonar tem sido associada a riscos de mortalidade de todas as doenças, incluindo doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), doença cardíaca e cancro do pulmão.

 

«Este estudo mostra que a dieta pode ajudar a reparar danos pulmonares em pessoas que pararam de fumar. Também sugere que uma dieta rica em frutas pode diminuir o processo de envelhecimento natural do pulmão mesmo se a pessoa nunca fumou», explica Vanessa Garcia-Larsen, autora principal do estudo. «As descobertas sustentam a necessidade de recomendações dietéticas, especialmente para pessoas com risco de desenvolver doenças respiratórias como a DPOC», acrescenta.

 

Para o estudo, a equipa de pesquisa avaliou a dieta e a função pulmonar de mais de 650 adultos em 2002 e, em seguida, repetiu os testes de função pulmonar no mesmo grupo de participantes 10 anos depois. Participantes de três países europeus – Alemanha, Noruega e Reino Unido – completaram questionários que avaliam as suas dietas e ingestão nutricional. Os participantes também foram submetidos à espirometria, um procedimento que mede a capacidade dos pulmões de absorver oxigénio. O estudo controlou também fatores como idade, altura, sexo, índice de massa corporal (um indicador de obesidade), status socioeconómico, atividade física e consumo total de energia.

 

VEJA TAMBÉM: O DRAMA DE VIVER COM DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÓNICA

 

Entre os antigos fumadores, a conexão dieta-pulmão foi ainda mais marcante. Os ex fumadores que fizeram uma dieta rica em tomates e frutas apresentaram cerca de 80 ml de declínio mais lento ao longo do período de dez anos. Isso sugere que os nutrientes nas suas dietas ajudam a reparar os danos causados ​​pelo tabagismo.

 

«A função pulmonar começa a diminuir por volta dos 30 anos de idade a uma velocidade variável dependendo da saúde geral e específica dos indivíduos. O nosso estudo sugere que comer mais frutas regularmente pode ajudar a atenuar o declínio à medida que as pessoas envelhecem e pode até ajudar a reparar os danos causados ​​pelo tabagismo. A dieta poderia tornar-se numa maneira de combater o crescente diagnóstico de DPOC em todo o mundo», conclui a investigadora. Veja de seguida, na galeria acima, os 15 passos para deixar de fumar, segundo a Direção-Geral de Saúde.

 

 

Artigo anterior

Sexo: as tardes escaldantes de verão são as melhores

Próximo artigo

Dicas para evitar o desperdício na cozinha