Home»BEM-ESTAR»SAÚDE»Dieta mediterrânica ajuda a manter o cérebro saudável

Dieta mediterrânica ajuda a manter o cérebro saudável

Um novo estudo vem comprovar os benefícios da dieta mediterrânica, desta feita por ajudar a manter o cérebro saudável

Pinterest Google+

A dieta mediterrânica ajuda a manter o cérebro saudável e a melhorar a função cognitiva, sugere um novo estudo levado a cabo por vários institutos e universidades espanhóis, entre os quais o Hospital Clinic de Barcelona, o Instituto de Saúde Carlos III e as universidades de Navarra e Valência.

A dieta, rica em azeite, legumes, grãos e frutos secos, ajuda a nutrir eficazmente o cérebro e a mante-lo saudável, nomeadamente junto da população mais idosa.

Segundo a agência Reuters, o estudo estabelece uma relação forte entre este tipo de alimentação e uma função cognitiva melhorada, embora os cientistas ressaltem que são necessários mais estudos para estabelecer a relação direta.

O estudo envolveu 447 adultos, com uma média de 67 anos e excesso de peso, para seguirem três dietas diferentes: uma dieta mediterrânica suplementada com um litro de azeite virgem extra por semana, uma dieta mediterrânica suplementada com 30 gramas de nozes por dia, e outra baixa em teor de gordura.

O grupo que seguiu a dieta mediterrânica rica em frutos secos viu genericamente a memória melhorada e o grupo que ingeriu azeite registou melhorias significativas na função cognitiva.

Já existiam evidências de que as chamadas “gorduras saudáveis” eram benéficas para o cérebro. Neste caso, provou-se, de uma forma mais direcionada, os efeitos de alguns dos alimentos característicos deste tipo de alimentação. O estudo foi publicado no jornal JAMA.

Artigo anterior

Dinamarca combate anorexia na moda

Próximo artigo

Carla Oliveira: «Na área da estética, temos de evoluir todos os dias»