Home»FOTOS»Dieta mediterrânea influencia a memória

Dieta mediterrânea influencia a memória

Esta é uma dieta que apresenta inúmeros benefícios no que concerne à saúde e se pensa que é difícil adotá-la, a Mood garante que não.

Pinterest Google+
PUB

A dieta mediterrânea pode melhorar a memória independentemente do local onde se vive ou da idade que se tem, segundo um estudo publicado em ‘Frontiers in Nutrition’.

 

Uma revisão de 18 estudos separados, realizados ao longo de cinco anos, concluiu que a memória é particularmente afetada por esta dieta, mas de forma positiva.

 

Veja a galeria: Erros comuns de quando se tenta perder peso

 

As pessoas com uma alimentação baseada na dieta mediterrânea viram melhorias na memória de trabalho, na memória a longo prazo e na memória visual.

 

Entre os alimentos que permitem estas melhorias estão incluídos produtos como os vegetais, os feijões e o vinho (veja a galeria acima para ter acesso à lista completa).

 

Veja a galeria: Hábitos saudáveis que podem mudar a sua vida

 

Esta é uma dieta que tem relativamente pouca carne vermelha, poucos laticínios e usa azeite como maior fonte de gordura. Os seus efeitos positivos foram encontrados em países ao redor do mundo inteiro e em pessoas de todas as faixas etárias.

 

A dieta mediterrânea está associada à desaceleração da taxa de declínio cognitivo. Esta oferece a oportunidade de mudar fatores como, por exemplo, a redução de respostas inflamatórias, o aumento do consumo de micronutrientes, melhorar o equilíbrio vitamínico e mineral e, ao trocar o óleo pelo azeite, ajuda na manutenção do peso, na redução da obesidade e melhora o metabolismo da energia celular.

Artigo anterior

Lado racional do cérebro é essencial para ter ideias originais e criativas

Próximo artigo

As tatuagens das celebridades